Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 08h:38

Tamanho do texto A - A+

Prefeito estuda medidas emergenciais para conter queimadas urbanas

Por: DAYANNI IDA

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) afirmou que irá baixar um decreto na próxima segunda-feira (16) para adotar medidas emergenciais na contenção dos diversos focos de incêndio que atingiram Cuiabá nos últimos dias. De acordo com ele, a Capital conta apenas com uma Brigada de Incêndio, que funciona de forma “precária”.

“É um transtorno cruzar a cidade para atender as ocorrências neste período com tanta demanda. Entre as medidas que pedi para serem estudadas, pretendo triplicar o número de brigadas municipais, porque a única que temos hoje funciona de forma precária. Com a medida, serão cerca de quatro ou cinco novas brigadas na área central, e outras distribuídas por região.” ressaltou o prefeito. 

O documento deve apresentar ações emergências que visam conter a situação na cidade. Para se ter uma ideia, nesta semana dois grandes incêndios urbanos foram registrado na Capital, um na sede do arquivo da  Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e outro na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos.

HiperNotícias

Fumaca em cuiaba

Céu encoberto de fumaça das queimadas. Imagem da Avenida das Torres em Cuiabá nesta quarta-feira

“Estou aguardando algumas informações oficiais para definir as medidas. Como prefeito da Capital, não posso ficar omisso a tudo isso, e eu quero unir forças para preservar Cuiabá e a saúde da população cuiabana”.

Com umidades abaixo de 20% desde o início do mês de setembro, o gestor afirma que já reuniu-se com seu secretariado para que algumas medidas fossem tomadas diante da condição climática. 

“Reuni ontem, emergencialmente, com alguns secretários em atenção aos profissionais que trabalham nos horários mais críticos, como os agentes de trânsitos, garis, profissionais da educação e os alunos, em busca de uma forma alternativa de manter as atividades e não comprometer a saúde deles” frisou.

Ainda segundo o prefeito, “as ações de contribuição municipal vão colocar a Capital em destaque frente a outras cidades”, afirmou.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei