Domingo, 18 de Agosto de 2019, 16h:30

Tamanho do texto A - A+

Servidora pública morre no Pronto-Socorro após ser atropelada em VG

Por: LUIS VINICIUS

A servidora da Prefeitura de Várzea Grande, Lúcia Campos, 50 anos, morreu no sábado (18) após ficar 15 dias internada no Pronto-Socorro de Várzea Grande (PSVG).

vera campos montagem.jpg

 

Lúcia foi atropelada no dia 2 de agosto, na Avenida Couto Magalhães, próximo a Praça Aquidaban, na cidade de Várzea Grande.

A servidora, segundo informações, estava atravessando a rua na faixa de pedestre, quando um veículo Citroen C3, conduzido por uma mulher identificada como A.B., a atropelou. Devido o impacto da batida, a servidora foi parar em uma calçada.

Lúcia estava acompanhada de sua filha de 17 anos. Depois do acidente, as duas foram encaminhadas ao PSVG para receber atendimento.

A adolescente quebrou dois dentes, machucou o queixo e teve hematomas nas pernas. No entanto, ela teve alta poucos dias depois do acidente.

Já Lúcia não resistiu aos ferimentos no sábado e morreu na unidade médica 15 dias depois do acidente.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran).

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei