Domingo, 19 de Maio de 2019, 08h:32

Tamanho do texto A - A+

Filho leva tiro no peito ao enfrentar padrasto para defender a mãe, em VG

Irmão mais novo também foi baleado na perna. Polícia “caça” o suspeito, que fugiu num gol prata.

Por: PAULO COELHO

Um homem identificado pela polícia como Adimas de Lana, de 49 anos, está foragido desde a noite deste sábado (18), quando baleou seus enteados, numa briga ocorrida no  bairro São Simão, em Várzea Grande. As duas vítimas são os menores  M.D.F.S, de 16 anos e P.R.S, 13, conforme relato policial, foram proteger a mãe deles, do padrasto, e foram alvejados, sendo que o primeiro, mais velho, levo um tiro no peito a queima roupa e o irmão dele foi baleado na perna. Ambos foram levados às pressas para o hospital, sendo que M.D.F.S, o do tiro no peito, foi submetido a uma cirurgia e não estaria correndo risco de morte. O menor também passa bem.

Divulga??o- PM

padrasto atira no pleito de enteado varzra grande

 

O padrasto fugiu num veículo gol prata e, mesmo após intensas buscas feitas pela Rotam, até a manhã deste domingo, ele não havia sido capturado.

O desentendimento ocorreu no Bar do Boi, no São Simão. “A mãe das crianças [identificada como Cleyde Ferreira da Silva], acompanhou uma equipe da Rotam, que estava nos apoiando ontem, em vários locais onde ele poderia estar, inclusive na zona rural, em sítios, mas ele não foi para nenhum desse lugares. Mas tem uma equipe da inteligência do CR2, que está trabalhando para ver se consegue pegá-lo ainda em flagrante”, disse o coronel Marcos Sovinski, à reportagem do HiperNotícias, salientando que  “as crianças felizmente estão estáveis, mas esse indivíduo precisa ser preso, ele não pode aparecer depois para se apresentar como se nada tivesse  acontecido, na maior cara de pau”. Na avaliação do coronel, pelo fato de Adimas estar armado "ele não estava bem intencionado e, possivelmente, além de bater, ele ia acabar matando a mulher". 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1