Domingo, 21 de Abril de 2019, 12h:00

Tamanho do texto A - A+

Em uma sociedade turbulenta, a data é a oportunidade de reflexão e renovação

Por: JESSICA BACHEGA

Uma das mais importantes celebrações dos cristãos, a Páscoa é renascimento, renovação. É tempo de festa para aqueles que acreditam em Jesus Cristo. “É na Páscoa de Jesus que Ele nos salva: morre na cruz para pagar pelos nossos pecados, e ressuscita para nos dar a possibilidade de, um dia, ressuscitar com Ele na Glória”, explica o padre Francisco Amaral.

Reprodução Facebook

padre francisco amaral

 

O religioso destaca que, apesar do forte apelo comercial com a venda de ovos de Páscoa, a fé dos fiéis ainda é grande e tem se fortalecido nos últimos anos.

Mais do que uma guloseima para as crianças, o ovo tem uma forte simbologia para a data. Coelhos e ovos representam a fertilidade, que remeta à vida, que é isso que Jesus dá aos seus filhos, como prega o cristianismo.

“Celebramos a Ressurreição durante sete semanas no tempo pascal. Nos 40 dias que antecedem a Páscoa, é tempo de estarmos com Jesus no Calvário, a sua grande prova de amor pessoal por cada um de nós. Para isso, é costume oferecermos pequenas renúncias durante a Quaresma, principalmente na Sexta Feira Santa, para nos unir ao sacrifício de Jesus. Além disso, essas renúncias ajudam a purificar o nosso coração, pois fortalecem a nossa vontade para sermos pessoas melhores”, destaca o padre. 

Assim como relata o religioso, o período dá a oportunidade de um recomeço, de buscar coisas novas e trabalhar o fortalecimento da espiritualidade. Porém, essa busca pela renovação não deve se limitar a data, mas vivida todos os dias.

“Aprendamos com Deus que a morte e o sofrimento não são a última palavra. Sempre existirá uma esperança e uma ressurreição interior para aquele que vive em Jesus. Nossa sociedade vive um momento turbulento, mas também ela poderá ser vivificada, se tivermos a coragem de encarnar nela os valores do Evangelho: o respeito à vida em todas as suas dimensões, a família, a liberdade, o amor, o perdão e a paz”, completa.

Padre Francisco Amaral é Coordenador Pastoral da Arquidiocese de Cuiabá e Diretor Geral da Rádio Difusora Bom Jesus de Cuiabá. Realiza um ministério de evangelização pelas redes sociais instagram, facebook, youtube.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei









ESTÚDIO HIPER
INFORME PUBLICITÁRIO GCOM - Combate à Dengue, Zika e Chikungunya em MT

INFORME PUBLICITÁRIO - Combate as Infecções Sexualmente Transmissíveis

16º FESTIVAL DAS FLORES CUIABÁ 2019