Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 07h:55

Tamanho do texto A - A+

Suplementação de vitamina D o que há de novo?

Por: RAFAEL SODRÉ DE ARAGÃO

Assessoria

RAFAEL SODR? DE ARAG?O

A prescrição de vitamina D tem sido amplamente usada para prevenção de distúrbios nos ossos. Sua suplementação nos últimos anos vem sendo usada como estratégia para prevenção de doenças cancerígenas e cardiovasculares, o que gerou um aumento substancial nos exames de dosagem da vitamina D e consequentemente o uso de medicação suplementar.

Estudos observacionais têm demonstrado uma baixa taxa de morte relacionada ao câncer e doenças cardiovasculares em áreas de alta incidência solar, visto que a luz do sol e´ fundamental para conversão da vitamina D na pele.

Trabalhos de laboratório evidenciaram receptores celulares para vitamina D nos tecidos normais e tumorais, o que fez surgir a hipótese de que a suplementação da vitamina D poderia estar relacionada a uma estratégia de prevenção do câncer e doenças cardíacas.

Pensando nisso, pesquisadores do departamento de medicina de Harvard Medical School fizeram um grande estudo com mais de 25 mil pessoas que foram separadas em dois grupos, metade usaria a vitamina D e a outra metade usaria placebo. Os grupos eram bem semelhantes e foram acompanhados por quase seis anos.

O objetivo primário foi avaliar a incidência de qualquer tipo de câncer nessas populações e eventos cardíacos como infarto ou acidente cerebrovascular bem como qualquer morte por doença do coração.

Esse estudo publicado no New England Journal of Medicine, em janeiro de 2019, concluiu que após quase seis anos de suplementação diária de vitamina D não houve redução da incidência de câncer nem houve redução de eventos cardiovasculares.

Baseado em dados robustos, portanto, a luz das evidências atuais não ha´ porque suplementar vitamina D como forma de redução de risco para câncer ou doenças do coração.

*RAFAEL SODRÉ DE ARAGÃO é cirurgião oncológico, mestre em Oncologia e atende na Clínica Oncolog.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas