Quarta-Feira, 11 de Julho de 2018, 08h:20

Tamanho do texto A - A+

"Taques está assaltando o Estado, isso é de conhecimento de muita gente", dispara Viana

Por: DANNA BELLE

“O governo Silval mostrou que é ladrão, roubou, assaltou o Estado e confessou o crime. Ele [Taques] está assaltando o Estado como é de conhecimento de muita gente e da própria Justiça e ele nega. Está estilão Lula ‘não, eu não seu sei nada, não conheço nada’, disparou o deputado estadual Zeca Viana (PDT), durante entrevista nesta terça-feira (10).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

zeca viana

 Zeca Viana é presidente do PDT em Mato Grosso

Um dos principais nomes de oposição do governo Pedro Taques (PSDB), na Assembleia, Viana alerta: ele está com um monte de problemas sérios dentro do governo que deve estourar daqui mais a uns dias”, enfatiza em seu discurso.

 

Questionado sobre esse "estouro", Viana não entra em detalhes, pois aguarda receber documentos comprobatórios, para confirmar os erros no setor ligada a gestão de Taques e também oferecer denuncia ao Ministério Público do Estado (MPE).

 

“Só está faltando alguns documentos comigo, a gente está descobrindo certos operadores nesse governo e essa semana deve sair, estou juntando mais uns documentos e irei fazer uma fala a respeito disso”, comentou.

 

Para o presidente do PDT em Mato Grosso, a mentira está impregnada na governança de Taques em razão das inúmeras inverdades contadas na mídia e em reuniões.

 

“Porque o que ele fala para a televisão e a imprensa, fala nas reuniões é 90% inverídico, já pegou nele essa persa de um governo mentiroso”, disse em entrevista concedida à Rádio Capital 101,9 FM na manhã desta terça-feira (10).

 

O Partido Democrático Trabalhista acionou o Governo do Estado na Justiça Eleitoral devido ‘intenção eleitoreira’ em ações de Taques, sendo elas autopromoção na inauguração do prédio do Novo Centro de Reabilitação Dom Aquino Corrêa (Cidrac) e prorrogação de decreto do Programa de Recuperação de Créditos do Estado de Mato Grosso (Refis) durante parte do período eleitoral.

 

 

A obra do Cidrac foi inaugurada no último dia 3 sem estar definitivamente finalizada. Viana vê como uma grande necessidade do tucano em conseguir visibilidade perante a mídia e a sociedade na intenção de conquistar mais votos.

 

“Quase que uma decisão de desespero inaugurando pintura de uma casa, reforma pela metade de outra, inaugurando obra que vai levar no mínimo mais 90 dias para ser acabada”, avaliou.

 

Segundo Viana, outro esforço do governador para conseguir visibilidade política é vistoriar obras que não conseguiu entregar dentro do prazo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), uma vez que é pré-candidato a reeleição.

 

“O momento agora está se fechando, as inaugurações não podem acontecer mais, eu já vi esse final e semana ele fazendo vistoria que também quer dizer visibilidade política, então ele está buscando todas as formas para mostrar alguma coisa que ele não fez nos últimos três anos”, afirmou.

Avalie esta matéria: Gostei +6 | Não gostei - 2

Leia mais sobre este assunto