Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019, 15h:12

Tamanho do texto A - A+

Ex-atriz pornô e marido entram para igreja que ajuda viciados em pornografia

Brittni De La Mora tem 32 anos e teve carreira de mais de 10 anos na indústria pornográfica

Por: MONET

A ex-atriz pornô Brittni De La Mora e o marido dela, o empresário Richard De La Mora, são os mais novos membros da igreja XXXChurch, dedicada ao auxílio e à salvação de pessoas viciadas em sexo e pornografia, noticia o site do canal de TV Fox News. Com um currículo composto por mais de 10 anos de trabalho na indústria pornográfica, a celebridade de 32 anos avisou pela conta dela no Instagram que ela e seu parceiro são os novos garotos propagandas da organização.

Reprodução

Brittni De La Mora

“Eu e o meu marido seremos os novos rostos da XXXChurch”, escreveu De Le Mora na legenda de uma foto em que aparece na companhia de amigos e fiéis da mesma instituição. “Nós estamos honrados que Deus tenha nos chamado para essa missão”, afirmou.

Conhecida como Jenna Presley em seu período na indústria pornográfica, Brittni deu à luz recentemente ao primeiro filho dela.

A atriz e o marido serão os substitutos dos agora ex-garotos-propaganda da instituição, Craig Ross e a esposa, que saíram da XXXChurch para focar seus esforços no projeto Christian Cannabis, voltado para cristãos habituados ao consumo de maconha. Representante da XXXChurch desde 2013, Ross disse ter optado passar sua missão para Brittni e o marido após ouvir uma mensagem de Deus.
“Dê a XXXChurch para a Brittni e o Rich liderarem”, teria dito Deus a Ross em um relato feito pelo ex-representante da igreja nas redes sociais.

Ross ainda afirmou: “A Brittni é uma ex-estrela pornô que conhecemos quando ela ainda estava na indústria, nós nos aproximamos dela enquanto ela começava seu relacionamento com Cristo. O que Deus fez na vida dela nos últimos anos é lindo milagre”.

Em entrevistas prévias sobre sua entrada na igreja, Brittni falou sobre sua aproximação da XXXChurch: “Eu os chama de ‘Estrelas Pornô Amadas por Jesus’. A mensagem deles entrou no meu coração. Eu questionava como Jesus poderia me amar, eu tinha certeza que não merecia. Mas a igreja me mostrou que sim, ele me ama”.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto