Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 11h:21

Tamanho do texto A - A+

Prefeito revela que grupo político o quer como candidato ao Governo em 2022

Por: FERNANDA ESCOUTO

O possível recuo do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) à reeleição, nas eleições do ano que vem, seria apenas uma estratégia montada por alguns membros do grupo político do emedebista. Eles defendem a candidatura do político ao Governo do Estado nas eleições de 2022.

Alan Cosme/HiperNoticias

Emanuel pinheiro

 Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro

Apesar de confirmar que muitos do grupo defendem essa estratégia, Pinheiro reforçou que ainda é cedo para comentar o assunto, além do mais, existe o pleito do ano que vem, no qual ele é o principal nome cogitado para entrar na disputa pelo Palácio Alencastro.

“Isso existe. Eu não posso negar. Existe um sentimento muito grande, muito grande mesmo no meu grupo para que isso aconteça, mas estou descontaminando isso aí. Primeiro, porque não existe, antes de um processo eleitoral, você estar pensando em outro”, disse o prefeito nesta sexta-feira (18), durante a abertura da licitação do transporte coletivo da Capital.

“Quem prepara 2020 pensando em 2022, já é o primeiro passo para a derrota, pois você acaba querendo um projeto de poder. Nós não estamos atrás de projeto de poder, estamos buscando um projeto político para a melhoria de vida da população cuiabana e para o desenvolvimento econômico da nossa Capital”, ressaltou.

Nas eleições municipais de 2016, o então prefeito Mauro Mendes (DEM) também recuou da reeleição, alegando motivos pessoais. Já na disputa seguinte, em 2018, o democrata concorreu ao Governo de Mato Grosso, ganhando a disputa em primeiro turno.

“Minha situação é diferente. Mauro Mendes era candidatíssimo. Ele desistiu na prorrogação do segundo tempo, em cima da hora. Eu já era candidato há dez dias, quando ele desistiu. O Mauro desistiu um dia antes. Não sei o que aconteceu, mas é diferente de mim, que estou falando há um ano das eleições que é mais fácil eu não ser candidato a prefeito”, disse Pinheiro.

Apoio de 13 partidos

Em setembro, o prefeito Emanuel Pinheiro reuniu 13 partidos aliados à sua gestão. Chamando o grupo de “maior força partidária de Cuiabá”, o emedebista agradeceu o apoio, mas não confirmou se iria à reeleição nas eleições do ano que vem.

O encontro promovido pelo partido de Pinheiro, no Hotel Fazenda Mato Grosso, contou com lideranças do PV, PP, PTB, PRTB, PSD, PSDB, PL, PSC, PSB, PMB, Republicanos e Avante.

 

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei - 1