Terça-Feira, 02 de Julho de 2019, 12h:16

Tamanho do texto A - A+

"Eu sei o que Mauro Mendes está passando", diz Taques sobre declarações de ter quebrado MT

Por: FERNANDA ESCOUTO

“Respeito a opinião do governador Mauro Mendes, apesar de não concordar e preferir ficar com a Constituição e com as Leis, que valem mais do que uma simples opinião”. Essa afirmação é do ex-governador do Estado Pedro Taques (PSDB), sobre as declarações do atual chefe do Executivo sobre a administração passada.

Alan Cosme/HiperNoticias

mauro mendes e pedro taques


Nesta manhã (2), em resposta ao ex-secretário de Fazenda (Sefaz) e atual presidente da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT), Gustavo de Oliveira, Mendes afirmou que o governo anterior foi incompetente e teria quebrado o Estado, dando incentivos fiscais sem ter previsão de lei orçamentária e gerando desempregos.

“Eles [gestão anterior] entendem muito bem de segurança jurídica. Durante o período deles no governo, eles geraram 130 ações na Justiça contra o Prodeic [Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso]. Durante o período dele no governo, nós temos agora uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra uma lei de incentivo fiscal do comércio, gerando enorme insegurança ao comércio e o que é pior, se for dada a inconstitucionalidade, prejuízos irreparáveis para muitos comerciantes”, disse Mauro.

Em tom ameno, o ex-governador Pedro Taques, pontua que apesar de respeitar o ponto de vista de Mendes, afirma que agiu de forma legal, sempre apoiado pela Constituição.

“Eu sei o que Mauro Mendes está passando, desejo a ele muito sucesso em sua administração. Quero ressaltar a importância, seriedade e competência, dos mato-grossenses Brustolin [Paulo Brustolin], Seneri [Seneri Paludo], Gustavo Oliveira e Gallo [Rogério Gallo], na condução da Sefaz, durante a nossa gestão”, disse Pedro Taques ao HNT/ Hipernotícias.

 

Leia mais

Mendes rebate ex-secretário e afirma que gestão Pedro Taques quebrou o Estado

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei - 3

Leia mais sobre este assunto