Quinta-Feira, 02 de Agosto de 2018, 18h:13

Tamanho do texto A - A+

"Eleitor decidirá se continua com esse Governo ou prefere um melhor", avalia Campos

Por: DANNA BELLE

O ex-governador, Júlio Campos (DEM), acredita que a aliança com o MDB não irá prejudicar a aliança do pré-candidato ao Governo Mauro Mendes (DEM), pois a população irá avaliar se a atual gestão do Estado é pior do que o projeto de Mauro.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

julio campos

 

“A pergunta que o povo de Mato Grosso tem que responder é a seguinte: está satisfeito com o atual governo do Pedro Taques ou quer mudar para um governo melhor que é do Mauro Mendes?”, questionou em entrevista à Rádio Capital 101,9 FM, na manhã desta quinta-feira (2).

 

Para Campos a coligação entre o MDB e DEM foi firmada sem acordos, apenas visando uma melhor governança caso Mendes seja eleito, pois haverá aporte maior de recursos federais para o Estado.

 

“O MDB, pela força que tem em Brasília com a bancada federal, vai ajudar muito viabilizar mais recursos para o Governo de Mauro Mendes”, afirmou.

 

Na oportunidade, o ex-governador aproveitou para cutucar o atual chefe do Executivo, Pedro Taques (PSDB), ao relembrar alguns dos problemas ocorridos neste mandato, avaliando que o povo deve levar em consideração os infortúnios antes de votar.

 

“Vai ser uma eleição em que se quiser continuar com Pedro Taques ele vai ganhar a eleição, se o pessoal achar realmente que não dá mais para suportar essa carga tributária violenta sobre o comerciante, o empresário de Mato Grosso, esses problemas todos que estão aí de Grampolândia, de Bereré, de tanta coisa, operação na Seduc. Depois desses destroços que ocorreram, o eleitorado vai ter uma grande oportunidade no dia 7 de outubro de decidir se quer continuar nesse mesmo Estado que está aí, ou quer ir pra um melhor”, concluiu.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto




1 Comentários

Carlos Nunes - 02/08/2018

Pois é, hoje o Gaeco invadiu a Assembleia atrás de pistas. O que significa isso? Significa que a Política de Mato Grosso virou um caso de polícia, por isso já tô achando que o melhor candidato a Governador agora é o Arthur Nogueira, cuiabano, policial federal. Quando a Política vira caso de polícia, o melhor candidato é um policial federal. Com ele não haverá mais bereré, nem grampos, nem pedaladas, nem rêmora, nem pegadinha do Silval, nem áudio do Jajah. Mato Grosso é um Estado rico com povo trabalhador, o que tá faltando é só a sumida HONESTIDADE.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA



Últimas Notícias





Mais Comentadas



ESTÚDIO HIPER
Carlinhos Maia doa carro novo a desconhecido

Em depoimento Neymar diz que cedo ou tarde a verdade aparece

Brasileiro de 84 anos dá um show em programa americano