Domingo, 22 de Setembro de 2019, 10h:19

Tamanho do texto A - A+

Congresso em Foco aponta Medeiros como melhor parlamentar de MT

Por: REDAÇÃO

câmara dos deputados

VALTENIR PEREIRA

Assim como foi durante seus anos de atuação no Senado Federal (2015 à 2018), quando ficou entre os dez melhores do país, segundo avaliação popular, o agora deputado federal José Medeiros (Pode) foi novamente eleito o parlamentar de Mato Grosso mais bem ranqueado no prêmio “Congresso em Foco”, divulgado na última quinta-feira (19). A avaliação do trabalho dos parlamentares federais é promovida pelo site que carrega o mesmo nome da honraria e que faz parte do Grupo UOL.

O mato-grossense, porém, pediu em suas redes sociais, de maneira antecipada, que as pessoas não votassem nele em virtude de ter identificado um direcionamento ideológico na premiação. “Criaram um método impreciso, trazendo jornalistas direcionados para votar e aí o PSOL nada de braçada. É possível ver sintomas de militância, mas no quesito específico que reuniu a somente a opinião popular, mesmo com nossa ressalva, eu agradeço a quem insistiu e votou”, comentou.

No tópico “votação popular”, onde só a manifestação do público foi computada, Medeiros foi o escolhido de 2.330 internautas, alcançando a 36º colocação no quadro geral. O deputado ainda foi o melhor colocado no país pelo seu partido, o Podemos, que possui uma bancada de 10 parlamentares. Dentro do ranking estadual, ficou bem à frente do segundo colocado na amostragem popular, Nelson Barbudo (PSL), que acumulou a preferência de 900 votantes e ficou na 67º posição.

Quanto ao resto da bancada de Mato Grosso na Câmara, a professora Rosa Neide (PT) apareceu em 137º lugar, enquanto Dr. Leonardo Albuquerque (SD) surgiu na 237º colocação. Emanuelzinho (PTB) ficou em 342º e Neri Geller (PP) foi o 359º colocado. Os dois representantes do MDB, Juarez Costa e Carlos Bezerra, não participaram das votações por não se enquadrarem nos requisitos mínimos exigidos pelo site.

No Senado, nem Wellington Fagundes (PL) e nem a juíza Selma Arruda (PSL) tiveram seus nomes apresentados ao público do site. Apenas Jayme Campos (DEM) ficou apto a concorrer por Mato Grosso e recebeu um total de 351 votos, conquistando a 49º posição entre 54 dos 81 senadores que concorreram.

De acordo com o disposto oficialmente pelo site, não são aceitos parlamentares que “estejam sendo investigados por suspeita de práticas criminosas ou que respondam a ações penais em andamento”.

Números gerais

A votação ocorreu somente na internet e transcorreu por todo mês de agosto. No tópico da manifestação popular, a vencedora na Câmara Federal foi Carla Zambelli (PSL), com Major Olímpio (PSL) faturando no Senado. Já quando a coisa migrou para o “júri especializado”, considerada a principal honraria pelos organizadores, Tábata Amaral (PDT) venceu na Câmara e Simone Tebet (MDB) ficou com a primeira colocação do Senado. Já na manifestação só de jornalistas que cobrem o Congresso, o deputado Alessandro Molon (PSB/RJ) ficou em primeiro na Câmara, acompanhado nas 12 primeiras posições de sete Psolistas, uma pedetista e duas do PcdoB. O senador Paulo Paim (PT) faturou no Senado.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas