Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 11h:48

Tamanho do texto A - A+

Servidor da Prefeitura de Colíder é preso pela Polícia Civil após descumprir medidas protetivas

Por: REDAÇÃO

Um funcionário público da Prefeitura Municipal de Colíder (650 km ao Norte) foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de domingo (19.05), por descumprimento de medidas protetivas no âmbito da Lei Maria da Penha. J.J.C., de 34 anos, foi autuado em flagrante na esfera da violência doméstica, pelos crimes de lesão corporal, violação de domicílio, danos materiais e injúria.

Reprodu??o

pjc

 

O suspeito foi detido pelos policiais civis após invadir a casa da ex companheira no bairro da Torre, município de Colíder. A vítima, de 32 anos, foi surpreendida pelo agressor, o qual violou a residência e veio a agredir novamente.

Conforme o delegado Ruy Guilherme Peral da Silva, esse foi o terceiro episódio que o servidor municipal se envolve. No início do mês de maio J.J.C. agrediu fisicamente a ex-companheira, e ainda a puxou pelo pescoço, arrastando-a pela rua.

Na ocasião, a polícia foi acionada, porém, o agressor conseguiu fugir. A vítima foi conduzida à Delegacia de Polícia, ouvida e requesitou pelas medidas de proteção impostas pela Justiça.

O suspeito acabou detido na tarde de domingo após invadir novamente o imóvel onde a vítima reside. Ao ser preso, J.J.C. foi interrogado e posteriormente autuado em flagrante delito.

“Visando garantir a ordem pública e assegurar a aplicação da lei penal, a Polícia Civil representou perante o Poder Judiciário, pela conversão da prisão em flagrante pela prisão preventiva”, destacou o delegado Ruy Guilherme Peral da Silva.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto




Últimas Notícias