Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 11h:47

Tamanho do texto A - A+

PM detém cinco mulheres após vistoria em casa noturna

Por: REDAÇÃO

Reprodução

PM detém cinco mulheres após vistoria em casa noturna considerada insalubre

Policiais militares de Alta Floresta (a 803 km de Cuiabá) prenderam cinco mulheres por manter pessoas em condição análoga à escravidão e favorecimento à prostituição, durante vistoria em uma casa noturna, na tarde de segunda-feira (09). Os policiais constataram que o imóvel apresentava condições sub-humanas e insalubres.

Segundo o boletim de ocorrência, uma guarnição estava em ronda pelo bairro Setor F, quando avistou uma festa com várias pessoas aglomeradas, no estabelecimento comercial.

A primeira mulher abordada, identificada como J.S.C., 26 anos, carregava no bolso R$ 3.307. Ela disse que parte do dinheiro seria do aluguel do bar, referente ao acordo comercial. A outra parte, teria recebido do marido, que trabalha em um garimpo.

Logo em seguida, foi abordada T.T.S., 26 anos, que também tinha dinheiro no bolso e se identificou como a proprietária do bar. A terceira mulher, identificada como, D.N.S., 25 anos, tinha um cigarro de maconha.

A quarta suspeita abordada, identificada como V.R.S.S., 42 anos, disse ser a gerente do bar. Ela afirmou não receber mulheres que usam drogas e alegou ter mandado embora uma, dias atrás. A quinta mulher, identificada como G.l.C., 18 anos, desacatou a equipe.

Todas foram encaminhadas à delegacia para as devidas providências.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 1