Terça-Feira, 09 de Abril de 2019, 16h:10

Tamanho do texto A - A+

Morador é denunciado por quebrar caixa de som usada em culto evangélico em Cuiabá

Por: LUIS VINICIUS

Um evangélico de 45 anos registrou um boletim de ocorrência contra um homem que teria destruído uma caixa de som, enquanto era realizado um culto em uma avenida do bairro Jardim Imperial, em Cuiabá. Após o fato, a suposta vítima afirmou ter chamado policiais militares do 3º Batalhão, e segundo o denunciante, os agentes “não resolveram o problema”.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

policia militar no mato

 

O fato aconteceu na tarde de domingo (7), em uma rotatória, localizada na Avenida das Torres, na Capital. O evangélico que fez a queixa relatou que estava realizando um culto ao ar livre na rotatória.

Em seguida, um morador das proximidades foi ao local com uma barra de ferro de aproximadamente 60 centímetros e quebrou o aparelho da  vítima. O denunciante relatou ainda que o homem teria ameaçado outras pessoas que estava no culto.

Logo depois, os evangélicos chamaram a Polícia Militar que compareceu ao local. No entanto, os denunciantes disseram que os agentes “não resolveram o problema” e ainda disseram que as pessoas do culto não poderiam estar ali.

Por fim, o evangélico reclamou que os policiais não prenderam o morador do bairro. Diante disso, o queixante solicita que a denúncia seja encaminhada à Corregedoria da Polícia Militar para que os procedimentos sejam realizados.

A reportagem tentou entrar em contato com o morador, mas até a publicação da matéria não obtivemos resposta.

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei - 3



3 Comentários

walter liz - 10/04/2019

porque acham que tem direito a ficarem berrando em publico achando que todos devem escuta lo, o direito deles acaba quando começa o do proximo, lugar de pregar é em igreja, dentro de casa , não em praça que circulam pessoas que na maioria das vezes ficam incomodadas com esse tipo de coisa

Gedivaldo De Souza Mendes - 10/04/2019

Engraçado que quando um evangélico liga o som na rua é motivo de de Polícia. Mas outros podem ligar o som alto na rua em frente à igrejas ouvindo músicas profanas funks proibidão e tudo será normal. Na minha cidade minha esposa tinha ganhado nenê um grupo de pessoas estavam ouvindo som altíssimo com músicas indecentes falando palavrão fui falar com a polícia disseram que não podiam fazer nada. Haaaa faça favor.

Roberto - 09/04/2019

Quero registrar que sou testemunha esses evangélicos ligaram o som alto as 14:00 com muitas gritarias e esse morador solicitou a eles por 3x que baixem o áudio pois sua caiu e fraturou o fêmur e moradorr passou mais de 16 dias sem dormir no hospital. Como os evangélicos não o respeitaram o morador na defesa de sua mãe destruiu a caixa. Quanto os policiais eles verificaram os vídeos do acidente da mãe do morador e orientou para que cada um procure seus direitos.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA







Mais Comentadas



ESTÚDIO HIPER
Carlinhos Maia doa carro novo a desconhecido

Em depoimento Neymar diz que cedo ou tarde a verdade aparece

Brasileiro de 84 anos dá um show em programa americano