Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019, 14h:25

Tamanho do texto A - A+

Juiz mantém preso pai acusado de estuprar e engravidar filha de 11 anos

Por: LUIS VINICIUS

cleiton.jpg

 

O juiz Marcos Faleiros, da 11° Vara Militar, converteu em preventiva a prisão de Cleiton da paixão Guimarães, 39 anos. Ele é acusado de ter estuprado e engravidado a própria filha de 11 anos e foi detido na manhã de quarta-feira (17).

O homem passou por audiência de custódia na tarde desta quinta-feira (18), onde o magistrado decidiu que ele deve ser encaminhado para uma cela "segura", onde deverá ficar à disposição da Justiça. No entanto, a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) ainda não definiu para qual unidade penitenciária ele será levado.

Cleiton foi preso na manhã de quarta-feira (17), em sua residência, no bairro Itapajé, em Cuiabá. Ele foi denunciado pela vítima depois que a menina sofreu um aborto na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Pascoal Ramos, também na Capital. 

Logo depois, ele foi encaminhado à Central de Flagrantes, no qual prestou depoimento ao delegado de plantão. Na unidade policial, ele confessou os crimes e ainda acrescentou que jogou o feto no Rio Cuiabá, após o aborto sofrido pela sua filha.

Na manhã desta quinta-feira (18), ele foi levado ao Fórum de Cuiabá para passar por audiência de custódia. A reportagem do HiperNotícias foi até a delegacia e acompanhou a transferência do suspeito. 

Mesmo após a prisão do homem, o caso continuará sendo investigado pela Polícia Civil. Até a publicação da matéria não havíamos conseguido contato com a defesa de Cleiton.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei







Mais Comentadas



ESTÚDIO HIPER
Prefeitura de VG - Aniversário de Várzea Grande 152 anos

Bolsonaro mostra ao SBT cicatrizes de cirurgia após levar facada

Programa Palavra Literária | 01 | Caio Ribeiro