Domingo, 13 de Outubro de 2019, 08h:00

Tamanho do texto A - A+

Homem é preso por matar o padrasto a facadas em Cuiabá

Por: DA REDAÇÃO

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) cumpriu nesta semana mais dois mandados de prisão preventiva em desfavor de R.A.S e P.A.G, suspeitos da morte de Gilberto Gomes Duarte, ocorrida em julho de 2016. A vítima era padrasto de um dos investigados. Os mandados de prisões foram deferidos pela 12ª Vara Criminal de Cuiabá.

Alan Cosme/HiperNoticias

fachada dhpp

 

Ambos já haviam sido presos temporariamente no início de setembro deste ano por representação da Polícia Civil que investigava o crime, que chocou a vizinhança do residencial Salvador Costa Marques, na Capital, pela agressividade com que foi cometido.

De acordo com o delegado Olímpio da Cunha Fernandes Júnior, a vítima foi brutalmente golpeada com uma faca e morreu em decorrência do ferimento.

Os dois serão indiciados por homicídio qualificado e alteração da cena do crime, tendo em vista que o local da ocorrência foi modificado para tentar encobrir a dinâmica da ação criminosa.

Um dos presos, R.A.S, enteado da vítima, já cumpriu pena de cinco ano por outro homicídio na cidade de Alto Araguaia e desta vez responderá, além do crime de homicídio com qualificadora, poderá ser responsabilizado pela adulteração da cena do crime.

Conforme investigações da DHPP, a princípio, o crime parecia ter ocorrido na cozinha externa do imóvel, pois só lá haveria sangue e outros sinais, porém, a perícia técnica comprovou que o local foi modificado na tentativa de atrapalhar as investigações. Posteriormente, com o resultado da perícia foi possível verificar que também havia sangue dentro da residência.

Além das evidências, os dois identificados foram vistos saindo da cena do crime, logo após o ocorrido. Ouvidos em declarações durante as investigações, os dois suspeitos negaram a participação no crime.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei







Mais Comentadas