Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 11h:12

Tamanho do texto A - A+

Explosões e até vandalismo com fezes atingem caixas eletrônicos

Por: KHAYO RIBEIRO

Apesar da redução de 55% dos crimes contra instituições financeiras registradas em Mato Grosso, como apontam dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), o estado apresentou 56 ocorrências diversas de criminalidade em agências. No histórico das ações criminosas estão arrombamentos, explosões de caixas eletrônicos, roubos e, até mesmo, vandalismo com fezes.

HiperNotícias

Agência Bradesco atacada com fezes

 Terminal eletrônico depredado com fezes em Cuiabá

Diante desta realidade, até mesmo uma lei foi aprovada para reforço no esquema de segurança de instituições bancárias. A norma 10.930/2019 estipula que biombos, detectores de metal e vidros laminados sejam obrigatórios em agências.

O balanço da Sesp revela que a modalidade de ataques a caixas eletrônicos teve um aumento de quase 70% entre 2018 e 2019, no qual as ocorrências aumentaram de 17 a 25. O mesmo levantamento aponta, também, que os casos de abertura a paredes e roubo diminuíram no mesmo período.

Ocorrências

Dentre as ocorrências mais recentes está uma tentativa de furto à agência Itau na madrugada deste domingo (15), no bairro CPA II, em Cuiabá. Na ação, os bandidos explodiram o local, porém a máquina não liberou o dinheiro.

No início de setembro, uma agência do Banco do Brasil, também localizada no bairro CPA II, teve seus caixas eletrônicos furtados pela ação criminosa de sete suspeitos, dentre eles o proprietário do “Deckão Lanches”.

Em julho, duas agências bancárias foram vandalizadas com fezes em Cuiabá e Várzea Grande. No ataque, os bandidos espalharam excreções pelos caixas eletrônicos e em parte do piso das instituições financeiras.

Combate

Na área repressiva, a Polícia Militar tem intensificado as ações com bloqueios e barreiras, conforme informação do comandante-geral, coronel PM Jonildo José de Assis.

“A Polícia Militar vem tentando combater esse tipo de ação criminosa através da potencialização do policiamento ostensivo motorizado. Nós temos agora a participação do comando especializado com equipes do Bope, da Rotam, equipes da Força Tática de Cuiabá e Várzea Grande e eles estão empenhados em fortalecer esse patrulhamento tático nos horários que são mais propícios a acontecer esse tipo de ação”, ressalta.

Fazem parte das forças de segurança pública, a Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec, Detran, Sistema Socioeducativo e Sistema Penitenciário.

Saiba mais sobre o tema a seguir:

https://www.hipernoticias.com.br/policia//banco-itau-no-cpa-2-e-alvo-de-bandidos-na-madrugada/140318

https://www.hipernoticias.com.br/policia/banco-itau-e-arrombado-na-madrugada-e-bandidos-fogem/138170

https://www.hipernoticias.com.br/cidades/bancos-de-mt-tem-120-dias-para-reforcarem-esquema-de-seguranca/138357

https://www.hipernoticias.com.br/policia/crimes-contra-instituicoes-bancarias-tem-reducao-de-55/139667

https://hipernoticias.com.br/cidades/apos-ataque-em-vg-caixas-eletronicos-de-cuiaba-sao-vandalizados-com-fezes/134008

https://www.hipernoticias.com.br/policia/proprietario-do-deckao-lanches-e-preso-por-explodir-caixa-eletronico-no-cpa/139099

https://www.hipernoticias.com.br/policia/grupo-criminoso-que-explodiu-caixas-eletronicos-e-preso/138889

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas