Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 14h:44

Tamanho do texto A - A+

Detentos compartilham vídeo dançando lambadão dentro do CRC

Por: LUIS VINICIUS

Um vídeo que começou a circular nas redes sociais mostra três detentos se divertindo dentro do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), antigo presídio Carumbé, na Capital. Na gravação, é possível ver um dos presos segurando uma caixa de som, enquanto que o colega dança lambadão dentro da unidade penitenciária.

Alan Cosme/HiperNoticias

CRC

O vídeo possui 29 segundos. Com um celular na mão e a caixa de som na outra, o "dj", que não teve o nome revelado, conta qual é a situação no presídio e debocha das autoridades.

“Aqui no Carumbé é mais ou menos assim oh, escuta ai”. Em seguida, o preso aponta para o colega e fala: “Olha lá o dançarino da banda”.

Logo depois, toca a música “Nem Tchum”, conhecida nacionalmente nas vozes das cantoras sertanejas “Maiara e Maraísa”, mas tocada pela banda de lambadão “Novo Som”. Em seguida, o presidiário intitulado como “bailarino” dança enquanto é filmado.

No fim do vídeo, um terceiro reeducando aparece no vídeo. Ele também não teve o nome revelado.

As imagens teriam sido feitas na semana passada, mas as imagens foram compartilhadas apenas nesta quarta-feira (23).

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), mas até a publicação da matéria, a assessoria de imprensa não havia se pronunciado.

 

Veja o vídeo:

 

 

 

Outro lado

 

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) disse que transferiu os detentos envolvidos no fato. 

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) esclarece que o vídeo foi recebido pela equipe que estava de plantão na noite de 17 de outubro, no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC). Diante disso, foi realizada revista na Unidade II, onde foi encontrado um aparelho celular smartphone que foi encaminhado à Coordenadoria de Inteligência Penitenciária.

 

O reeducando E.F.O. que aparece gravando o vídeo foi identificado como proprietário e responderá a Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD). Os outros dois reeducandos que aparecem na imagem também irão responder ao PAD e todos serão transferidos por medida de segurança. No início da tarde de 18 de outubro foi realizada nova revista na mesma unidade e nada de ilícito foi encontrado. 

 

A Sesp-MT ressalta que já teve início a retirada de tomadas das celas do CRC, a fim de evitar o carregamento de celulares. A unidade também está fazendo as adequações previstas pela Instrução Normativa 007/2019, que trata sobre os procedimentos para realização de visitas sociais, íntimas e extraordinárias às pessoas privadas de liberdades no âmbito do Sistema Penitenciário de Mato Grosso.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei