Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 10h:28

Tamanho do texto A - A+

Cinco mulheres são detidas tentando entrar com drogas e aparelho celulares na PCE

Por: REDAÇÃO

Cinco mulheres que tentavam entrar com aparelhos celulares e drogas na Penitenciária Central do Estado (PCE) foram detidas pela Polícia Civil, na quarta-feira (22.05), em ação conjunta da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e sistema prisional.

Reprodução

dre

 

Durante o horário de visita na PCE, as suspeitas, A.C.S.B., 24, M.M.C., 32, M.F.A.C.,32, e M.H.A., 36, foram flagradas tentando entrar no estabelecimento prisional com dois aparelhos celulares cada uma, escondidos nas partes íntimas. Os celulares, que estavam envoltos em papel adesivo preto, foram detectados no momento em que as suspeitas passaram pelo aparelho scanner.

Diante das evidências, as suspeitas foram conduzidas a DRE, onde após serem interrogadas, assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pelo delito de ingressar com aparelho celular em estabelecimento prisional, previsto no artigo 349-A, do Código Penal.

A quinta suspeita, M.H.A.A.S., 51, foi presa após ser flagrada com uma porção de maconha, também escondida nas partes íntimas. Ela foi encaminhada a DRE, onde foi interrogada e autuada em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a ação integrada da DRE com o sistema prisional dificulta a atuações dos criminosos. “Esse tipo de trabalho é fundamental, uma vez que é sabido que mesmo detidos, os criminosos utilizam esses aparelhos celulares para continuar atuando nos crimes, que acontecem do lado de fora do presídio”, disse o delegado.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei