Terça-Feira, 08 de Janeiro de 2019, 11h:47

Tamanho do texto A - A+

Mourão e Eticazinha

 

Divulgação

General Amilton Mourão

Vice-presidente da República, Gal. Mourão

Pelo visto, os critérios éticos são mais flexíveis quando o interesse é próprio. Segundo O Antagonista, o ultra-radical General Mourão já providenciou, como uma de suas primeiras medidas de austeridade administrativa como vice-presidente da República, um mega salário para o próprio filho, Antonio Hamilton Rossell Mourão - o Mourinho -, de nada menos que R$ 37,5 mil, mais um "bônus saideira" para garantir sua quarentena, quando deixar o cargo, na bagatela de R$ 2 milhões. Ah, o "bônus saideira" (que se chama 'Programa de Alternativas para Executivos em Transição - PAET) -, que garante bônus de ‘saideira’ para quem ocupou cargo no banco por dois anos) foi mais um daqueles privilégios absurdos criados pelos "petralhas", não foi?! Veja mais aqui.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



1 Comentários

Gryone Marana Cardoso Braga - 08/01/2019

Como sempre só mudam as moscas, porque a M... é sempre a mesma !

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA







Mais Comentadas