Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, 09h:35

Tamanho do texto A - A+

Mera coincidência

 

Alice de Oliveira não é escritora nem poeta. Alice de Oliveira é contadora de histórias. A Secretaria de Cultura de Cuiabá liderou, por meio do adjunto Justino Astrevo, um processo de seleção de projetos culturais para celebrar o aniversário de 300 anos da cidade. Do  total, são destinados R$ 2,99 milhões, a ser distribuídos em 51 projetos. No segmento de literatura, são 10 projetos individuais de R$ 15 mil cada, e um projeto coletivo de R$ 150 mil.

Em detrimento de autores e escritores que apresentaram projetos - como Luciene Carvalho e herdeiros do poesta Silva Freire -, quem vence o edital de R$ 150 mil é Alice Oliveira - contadora de histórias. O resultado foi publicado no Diário Oficial de Contas, edição 1557, de 22.02.19. Já no dias 19 a 21 de março, o secretário Adjunto Justino Astrevo, vestido do seu personagem Lau, da dupla Nico & Lau, será um dos contadores de história junto com Alice Oliveira, na Biblioteca Pública Estadual Estêvão de Mendonça (veja na foto).  Mas isso é só uma mera coincidência!

À coluna, o secretário adjunto Justino Astrevo disse que não será remunerado para participar do projeto, que seria uma iniciativa nacional - e não da Alice Oliveira - tendo apenas uma etapa em Cuiabá. "Esse é um projeto nacional, que acontece em todo o Brasil. O que vai acontecer aqui é etapa Cuiabá. Não tem nada a ver com o projeto da Alice", frisou ele.

Atualizada às 09h45

Quem quiser conhecer mais o Projeto Lê Pra Mim:

Atualizada às 10h55

Reprodução

Contação de história

 No desaque do banner do evento, Alice Oliveira e Justino Astrevo

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas



ESTÚDIO HIPER
INFORME PUBLICITÁRIO GCOM - Combate à Dengue, Zika e Chikungunya em MT

INFORME PUBLICITÁRIO - Combate as Infecções Sexualmente Transmissíveis

16º FESTIVAL DAS FLORES CUIABÁ 2019