Segunda-Feira, 13 de Maio de 2019, 17h:34

Tamanho do texto A - A+

Ilegal, imoral e engorda

Alan Cosme/HiperNoticias

abilio junior


Depois que agentes de fiscalização da prefeitura teriam se recusado a fiscalizar uma obra de reforma na casa do prefeito Emanuel Pinheiro, ao saber que era a casa do prefeito, conforme denúncia do vereador Abilio Jr, na semana passada, o sindicato da categoria (SINDASFIMC) emitiu uma nota nesta segunda-feira afirmando que já havia vistoriado a obra antes da denúncia do vereador e que, após a denúncia, fez nova vistoria. E ainda acusou a denúncia do vereador de “infundada, ilegal e imoral”. Só faltou falar que  também engorda e faz mal para as vistas.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei - 2



Últimas Notícias





Mais Comentadas



ESTÚDIO HIPER
INFORME PUBLICITÁRIO GCOM - Combate à Dengue, Zika e Chikungunya em MT

INFORME PUBLICITÁRIO - Combate as Infecções Sexualmente Transmissíveis

16º FESTIVAL DAS FLORES CUIABÁ 2019