Sábado, 25 de Maio de 2019, 12h:03

Tamanho do texto A - A+

Golpe do nome limpo

 

Reprodução / Site OAB

OAB / Suspens?o

Denunciados pela imprensa, inclusive no global Fantástico, ano passado, por aplicarem golpe em pessoas simples endividadas e negativadas e bancos e nos serviços de proteção do crédito com a falsa promessa de limpar seus nomes e ainda receberem indenizações - desde que pagassem, claro, por seus serviços - , os advogados Luiz Henrique Senff e Licínio Vieira de Almeida Junior foram suspensos preventivamente da OAB nesta sexta-feira (24), pelo prazo mínimo de 90 dias. As suspensões se basearam no artigo 70, § 3º, do Estatuto da OAB: exatamente pela "repercussão prejudicial à dignidade da advocacia" em razão das diversas notícias de imprensa com a atuação supostamente ilegal dos dois.

Em texto enviado ao HiperNotícias esta semanaLicínio alegou ter sido acusado injustamente por uma empresa. Agora terá oportunidade de provar suas alegações.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1







Mais Comentadas