Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019, 10h:22

Tamanho do texto A - A+

Galli tem 15 dias para pagar R$ 103 mil por ofensas à comunidade LGBTI

Por: FERNANDA ESCOUTO

O ex-deputado federal Victório Galli tem um prazo de 15 dias para pagar a indenização, no valor de R$ 103 mil, por danos morais coletivos. O ex-parlamentar é acusado de fazer declarações preconceituosas contra a comunidade LGBTI.

Alan Cosme/HiperNoticias

victorio galli

 Ex-deputado federal Victório Galli

A decisão publicada no Diário Oficial de Justiça, nesta sexta-feira (19), é da juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especial de Ação Civil Pública e Ação Popular.

Conforme os autos, Vidotti converteu o processo movido pela Defensoria Pública contra Galli em cumprimento de sentença.

“Intime-se o requerido, por meio de seu advogado, via DJE para, no prazo de quinze (15) dias, pagar o valor do débito no montante de R$ 103.901,89 (cento e três mil, novecentos e um reais e oitenta e nove centavos), conforme memória do cálculo juntado no evento id. 20860174. C”, diz trecho do documento.

Segundo a magistrada, passado os 15 dias sem a efetivação do pagamento, haverá incidência de multa de 10% sobre os referidos valores e a expedição de mandado de penhora e avaliação.

Saiba mais

Galli é acusado de fazer uma sequência de declarações homofóbicas em entrevista concedida à Rádio Capital e em um vídeo gravado com o então senador Cidinho Santos.

Nas duas ocasiões, o ex-deputado iniciou uma discussão sobre a orientação sexual de personagens infantis da Disney, como o Mickey Mouse. A Bela e a Fera e o Rei Leão também não escaparam da avaliação de Galli, que traçou uma associação direta entre as narrativas dos personagens e o que ele chama de “gayzismo” (homossexualidade).

Depois das declarações iniciais, ele continuou ainda discutindo sobre homossexualidade, ocasião em que disse que famílias “normais” são aquelas constituídas por um casal de homem e mulher. “Anormais” para o então deputado, portanto, são as pessoas que mantêm relações homossexuais.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas