Sábado, 24 de Agosto de 2019, 18h:30

Tamanho do texto A - A+

Após mais de um ano, Renê Júnior volta a ser relacionado pelo Corinthians

Por: CONTEÚDO ESTADÃO

Mais de um ano depois de sua última partida pelo Corinthians, o volante Renê Júnior volta a ficar disponível para uma partida do time. Seu nome está na lista de relacionados para o jogo deste domingo contra o Avaí, às 19 horas, na Ressacada, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogador de contenção, que não participava de um jogo desde julho de 2018, ou 399 dias, em decorrência de diversas lesões musculares e até uma ruptura de ligamentos do joelho esquerdo, foi liberado pelo departamento médico para voltar a campo pelo time paulista.

A outra surpresa entre os atletas que viajaram neste sábado para Florianópolis é a ausência do meia-atacante Pedrinho. Sentindo uma lesão no quadril, sofrida na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana diante do Fluminense, o jovem de 21 anos ficou em São Paulo para a realização de tratamento.

Em treino comandado pelo técnico Fábio Carille na manhã deste sábado no CT Joaquim Grava, o elenco realizou um trabalho tático de posicionamento, especialmente para ações de ataque, além de ensaiar cobranças de falta ofensivas e defensivas. Antes, foram apresentados vídeos aos jogadores com possíveis situações de jogo.

Sexto colocado no Brasileirão, com 27 pontos após 15 rodadas, o Corinthians deve pôr em campo uma equipe mista neste domingo diante do lanterna Avaí. O objetivo é preservar os jogadores mais desgastados para a partida de volta das quartas de final da Sul-Americana diante do Fluminense, que acontece na próxima quinta-feira no Maracanã. Em São Paulo, as duas equipes empataram em 0 a 0.

Confira a lista dos relacionados do Corinthians:

Goleiros: Caique e Cássio;
Laterais: Carlos Augusto, Danilo Avelar, Fagner e Michel;
Zagueiros: Bruno Méndez, Gil e Manoel;
Volantes: Gabriel, Junior Urso, Matheus Jesus, Ralf, Ramiro e Renê Junior;
Meias: Jadson, Mateus Vital e Sornoza;
Atacantes: Boselli, Clayson, Everaldo, Gustavo e Vagner Love.

(Com Agência Estado)

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei