Segunda-Feira, 06 de Maio de 2019, 11h:00

Tamanho do texto A - A+

Técnicas da gestão que podem ser aplicadas em escritórios de advocacia

Por: REDAÇÃO

Os recursos humanos são chave de sucesso de escritórios de advocacia, por isso demandam técnicas de gestão de pessoas e soluções tecnológicas para obter os melhores resultados.

Reprodução

Escritório de advocacia

 Foto ilustrativa

O caráter técnico do trabalho desenvolvido em escritórios de advocacia pode levar à falsa impressão de que o aspecto humano tem menos relevância para o sucesso deste tipo de negócio. Mas é impossível mantê-lo operando sem a atuação de pessoas.

Uma fábrica de carros e até um comércio tem a possibilidade de funcionar com praticamente nenhum funcionário. Já um escritório de advocacia, mesmo com os avanços tecnológicos, não conseguirá êxito prescindindo de advogados.

Por esse e outros motivos, a gestão de pessoas é uma atividade que não pode ser ignorada na advocacia. Escritórios devem adotar técnicas de liderança e ferramentas modernas que auxiliem no gerenciamento, como o software jurídico, para garantir resultados frente a um mercado cada vez mais concorrido. Algumas estratégias básicas fazem toda a diferença.

Liderança de equipes

A liderança, em si, não é uma técnica. Porém, existem vários métodos para liderar mantendo a coesão da equipe em torno dos objetivos do negócio. Um exemplo importante é definir a visão de futuro da empresa. Isso ajuda a orientar e manter os colaboradores motivados nos momentos mais difíceis.

A visão pode ser qualquer objetivo ambicioso de longo prazo, como tornar o escritório referência em uma área específica do Direito, um dos maiores do país, ou mesmo abrir filiais em todos os continentes. Seja o que for, é preciso desenhar uma imagem clara do que se pretende atingir para a equipe e mostrar a estratégia que definirá os passos para que se chegue ao resultado esperado.

Atração e retenção de talentos

Uma das técnicas de gestão para atrair e reter talentos é a criação de um plano de carreira. O procedimento formaliza o caminho que o colaborador pode percorrer dentro do escritório de advocacia: aponta a sequência de cargos e funções possíveis de serem galgados; os critérios de promoção de cada degrau; e os benefícios e responsabilidades correspondentes aos respectivos estágios da trajetória.

Desenvolver um plano de carreira é uma técnica eficiente para atrair e reter talentos. Cada vez mais, profissionais não se contentam com a mera estabilidade e desejam dedicar seus esforços, experiência e conhecimento onde poderão crescer, se desenvolver. Os melhores advogados escolhem onde querem trabalhar com base na expectativa de crescimento que cada escritório oferece.

Administração de conflitos

É natural haver conflitos entre advogados nos escritórios de advocacia. De maneira geral, as discordâncias surgem porque o próprio objeto do Direito – as leis e as relações humanas que regulamentam – é complexo. Em qualquer equipe existirão posições divergentes, o que pode levar a debates acalorados.

Também é possível ocorrerem atritos devido ao andamento das atividades, quando alguém esquece de cumprir certa tarefa que, na sequência, impactará a responsabilidade de outro, por exemplo.

A administração de conflitos deve buscar sempre manter os debates em no âmbito positivo: da troca de ideias, e, quando possível, da busca colaborativa por soluções e melhorias. Uma técnica eficiente nesses casos é o diálogo mediado integrativo, no qual os membros envolvidos no conflito dialogam para expor sua visão da situação a um terceiro, que é o líder. Em um contexto conciliador, as narrativas são aproximadas com o objetivo de promover a compreensão e chegar a pontos comuns.  

Gestão de tarefas moderna

Para exercer uma gestão direcionada a atingir resultados, é necessário buscar ferramentas modernas de gerenciamento, que permitam otimizar o tempo da equipe e destaquem o papel do líder na sistematização das demandas do escritório.

Um software para advogados o faz muito mais do que organizar as informações e atribuições dos processos e clientes. Também permite criar um registro centralizado do trabalho desenvolvido por cada profissional, delegar tarefas de maneira simples, e automatizar atividades, permitindo que os advogados dediquem esforços a outras, mais importantes.

Com os recursos do sistema, é fácil identificar se um colaborador está mais sobrecarregado do que outros, ou se alguém está descumprindo prazos com frequência. Assim, é possível prever problemas e tomar decisões técnicas e de gestão de pessoas com mais embasamento.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto










ESTÚDIO HIPER
INFORME PUBLICITÁRIO GCOM - Combate à Dengue, Zika e Chikungunya em MT

INFORME PUBLICITÁRIO - Combate as Infecções Sexualmente Transmissíveis

16º FESTIVAL DAS FLORES CUIABÁ 2019