Sexta-Feira, 02 de Agosto de 2019, 15h:39

Tamanho do texto A - A+

Projetos de colaboradoras do Sicredi são reconhecidos mundialmente pelo Woccu

Iniciativas que estimulam a participação feminina no mundo dos negócios e que fomentam a liderança juvenil foram reconhecidas no maior evento do cooperativismo de crédito do mundo

Por: REDAÇÃO

Dois projetos de jovens colaboradoras do Sicredi foram reconhecidos internacionalmente na Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito. O evento anual foi promovido pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (World Council of Credit Unions - Woccu), o maior encontro do segmento do planeta. Apresentados por Carla Diana Oteiro Borré e Michele Thiesen no programa World Young Credit Union People (Wycup), eles ficaram entre os cinco projetos premiados na edição 2019, e concorreram com projetos inscritos por cooperativas do mundo todo. Este ano, o Woccu ocorreu de 28 a 31 de julho, em Nassau, nas Bahamas, e reuniu mais de dois mil representantes de cooperativas de crédito de mais de 50 países.

Assessoria/Sicredi

Projeto Sicredi

O Wycup é destinado a jovens  cooperativistas até 35 anos que tenham desenvolvido iniciativas de relevância econômica e social nas regiões onde atuam as cooperativas de crédito. Carla Borré, colaboradora da Cooperativa Sicredi Norte MT/PA, teve o projeto “Mulheres que Cooperam” premiado. Ele é desenvolvido na cidade de Guarantã do Norte, onde Carla reuniu um grupo de 60 mulheres, entre associadas e não associadas, para compartilhar ideias e debater o que poderia ser feito para contribuir com o desenvolvimento da região e aumentar a participação da figura feminina nos negócios da cidade. O movimento atua com o foco econômico, social e de educação financeira.

O movimento deu origem ao Comitê Mulher, o primeiro do Sistema na área de atuação da Central Sicredi Centro Norte, da qual a cooperativa faz parte. Ele trabalha na articulação de demandas junto ao Conselho de Administração da cooperativa, por um lado, e em outro, na participação das mulheres em eventos e acontecimentos na sociedade. Como resultado houve crescimento de aproximadamente R$ 2 milhões na demanda do Pronaf Mulher na região de Guarantã do Norte, e a adesão de 126 associadas. A participação delas em cargos de liderança também aumentou. Atualmente são três coordenadoras de núcleo e 12 representantes do Comitê Mulher. Várias parcerias foram firmadas com entidades organizadas da sociedade na cidade.

Com sentimento de realização e gratidão pelo reconhecimento, Carla diz que participar de um evento deste porte já é um prêmio, pois assistiu palestras e conheceu projetos realizados pelo mundo, o que agrega conhecimento, que será compartilhado entre os colaboradores da cooperativa. E mais, saber como o mundo vê o Sicredi. “Nossas cooperativas são admiradas e com essa premiação queremos envolver mais jovens colaboradores para desenvolver projetos que têm poder para transformar a vida das pessoas. Nós somos diferentes e queremos ajudar as pessoas. Temos um propósito e vamos colocá-lo em prática através de projetos”.

Outro projeto do Sicredi premiado foi o “Programa Líder Jovem”, apresentado pela colaboradora Michele Thiesen, da Cooperativa Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, desenvolvido em Rodeio Bonito (RS). Ela criou o programa com o objetivo de incentivar o espírito de liderança nos jovens por meio de ações práticas que propiciem o desenvolvimento de aptidões, competências e habilidades, contribuindo para a sua participação na sociedade. As atividades são voltadas aos jovens de 15 a 17 anos, associados ou filhos de associados, que durante um ano participam de módulos de formação, conduzidos por profissionais de universidades parceiras ou da própria cooperativa.

O conteúdo envolve temas como educação financeira, cooperativismo, empreendedorismo, planejamento financeiro e dicção e oratória. A participação dos jovens no programa está condicionada a participação de seus pais, familiares ou responsáveis em um evento promovido pelo Sicredi com o objetivo de destacar a importância da presença da família neste processo de aprendizagem. Desde a sua criação, o programa formou mais de 330 jovens em 25 municípios da região de atuação da cooperativa. Outros 81 jovens estão em turmas em andamento. “A premiação é resultado de trabalho contínuo de desenvolvimento pessoal dos participantes. A conquista é dedicada a todos os associados que fazem parte da cooperativa, que participam e fazem programas como este ter sentido e fazerem a diferença na sociedade”, comenta Michele.

Para o presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof, ter dois projetos da área de atuação da central inscritos no Wycup e um deles ter sido premiado é um reconhecimento do trabalho desses jovens, gerentes e empreendedores do Sicredi que procuram fazer diferente no dia a dia do seu trabalho, em prol da comunidade e para uma sociedade melhor. “Assistimos aqui projetos focados em sustentabilidade, que visam o desenvolvimento da agricultura familiar, o microcrédito, o crescimento da base de associados jovens, o desenvolvimento de cadeias produtivas, a educação financeira, o comitê de jovens líderes e de mulheres, uma gama de projetos que podem inspirar nossos jovens colaboradores e associados a desenvolver mais projetos e se inscrever para participar da próxima edição. Esta premiação é um grande reconhecimento desses jovens empreendedores que buscam fazer o bem para a sociedade através do trabalho nas suas cooperativas”.

Os projetos apresentados no Wycup concorrem entre si e são avaliados por conselheiros do Woccu. Como prêmio, os ganhadores terão todas as suas despesas pagas na próxima edição do evento, em 2020, nos Estados Unidos.

Ao todo, o Sicredi teve 11 projetos inscritos no Wycup, sendo dois premiados. Outros nove que concorreram à premiação foram apresentados por Nikolas Bratz, associado da Cooperativa Sicredi Pioneira, em Nova Petrópolis (RS); Thais Christ, associada a Cooperativa Sicredi Ouro Branco, em Teutônia (RS); Tiago Franciscon, associado da Cooperativa Sicredi Norte Sul PR/SP, em Santo Antônio da Platina (PR); Sthefanie Silva, colaboradora da Cooperativa Sicredi União, que atende associados de regiões do Mato Grosso do Sul, Tocantins e Oeste da Bahia; Moisés Alves, colaborador  da Cooperativa Sicredi Planalto Central, em Catalão (GO); Guilherme Melo, associado da Cooperativa Sicredi Paranapanema, em Cândido Mota (SP); Marcos Antônio Paulino, associado da Cooperativa Sicredi do Vale do Piquiri ABCD PR/SP, em Iporã (PR); Fernando da Silva Ferreira, colaborador da Cooperativa Sicredi do Vale do Cerrado/MT; e Davan Rocha, colaborador do Centro Administrativo Sicredi, em Porto Alegre (RS).

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.700 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.  

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O Sicredi Centro Norte, composto pelos estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem aproximadamente de 457 mil associados, com 175 agências em 140 municípios.

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas