Sexta-Feira, 07 de Junho de 2019, 08h:00

Tamanho do texto A - A+

Candidato à presidência da Assoade busca valorização dos militares e fortalecimento da associação

Por: REDAÇÃO

Concorrendo pela primeira vez a presidência da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Oficiais Administrativo e Especialista da Polícia Militar e Bombeiros Militar Ativos e Inativos de Mato Grosso (Assoade-MT), o terceiro sargento da Polícia Militar, Carley Correa, tem como proposta, a valorização dos policiais militares e também do associado perante a Assoade.

Reprodução

Elei??o Assoade/Candidato a presidencia

Com o lema renovação já, o candidato vê nestas eleições que acontece no dia 09 de junho, a chance de mudanças na atual gestão que está há 16 anos a frente da associação, “É um momento de mudança, renovar e não fazer da associação uma carreira vitalícia. Nossa gestão tem como princípio a valorização do policial militar e também do associado, que muitas vezes carece de apoio”, diz Carley.

Entre as propostas da chapa 17, está a diminuição do tempo de interstício para promoção, angariação de recursos para realização de cursos como curso de formação de sargentos (CFS) e também Curso de Adaptação de Oficiais Complementar (CAOC), disponibilização no site da associação espaço para consulta da receita da Assoade, com arrecadação e gastos, dando maior transparência a gestão, alteração e renovação do estatuto da Assoade e assessoria jurídica 24h à disposição do associado.

“Faremos uma gestão eficiente e transparente, onde o associado terá vez e voz. Iremos fortalecer a classe para que possa ser representada de forma justa e participativa, onde o militar participará do processo de construção das propostas que atendam os interesses da classe junto ao executivo e parlamentares do estado”, salienta o sargento.

Reprodução

Elei??o Assoade/Candidato a presidencia

Outra preocupação da chapa de Carley, é a valorização e trabalho em prol dos policiais que são associados e estão na reserva, “temos um projeto para alteração da lei complementar 279, que diz que somente poderá ser convocado, dentre outras regras, o militar que foi para reserva com 30 anos de serviço, vamos apresentar a proposta desse tempo passar a ser de 25 anos”, disse.

Durante sua campanha de propostas, o sargento Carley, já recebeu apoio de deputados estaduais como, Sargento Elizeu Nascimento (DC), Max Russi (PSB), e Nininho Bortolini (PSD), tendo em vista que é de fundamental importância o apoio parlamentar, para que propostas como realização de cursos, alteração da LC 279, e incremento de 50% do soldo equiparado ao de coronel saia do papel e se torne realidade.

O deputado Elizeu Nascimento se mostrou satisfeito e entusiasmado com as propostas da Chapa 17, e vê a possibilidade de enfim, uma mudança e fortalecimento na associação, e com a vitória de Carley a possibilidade de novos sócios fazerem parte da Assoade, inclusive o próprio deputado.

“Agradeço a visita da Chapa 17, parabéns pela brilhante proposta de abrir oportunidade de sermos sócios, obrigado pelo convite a eu ser sócio da Assoade, fazendo valer o direito democrático por ser um sargento e acima de tudo um militar, muitos assim como eu gostaria de ter esse direito democrático respeitado, na minha situação tenho todos os requisitos legais a ser sócio e foi ceifado esse direito, vetado e negado o meu pedido de ser sócio por duas vezes a Assoade”, disse Elizeu.

Max Russi e Nininho também já demonstraram o desejo de apoiarem e serem parceiros da chapa 17, para o fortalecimento da associação e crescimento da Assoade em todo o estado.

Carley destaca também a parte de assessoria jurídica 24 horas, “é de suma importância ter um respaldo técnico e jurídico para quando o militar precisar, ter na associação que o representa, esse respaldo. Hoje o setor não atende as necessidades do militar, que muitas vezes acaba tendo que pagar um advogado particular, com dúvidas que poderiam ter respaldo da Assoade”.

A chapa ainda propõe um contrato mais barato com advogados para atuar em outras áreas. Outro propósito, é a busca de plano de saúde mais em conta e acessível ao associados, e descontos em faculdades e escolas mais atrativas que as oferecidas hoje aos associados.

Reprodução

Elei??o Assoade/Candidato a presidencia


Já para o local onde funciona a Assoade, a chapa 17, irá propor restaurante aos sábados e domingos com almoço self-service, clube com acesso a internet sem fio, construção de passarelas para acessibilidade para cadeirantes, instalação de pisos antiderrapantes nos banheiros, vestiários e área de piscina, climatização do ambiente interno do salão, incentivo a prática de esportes com judô, jiu-jitsu e capoeira, além de campo society com adequada infraestrutura como grama sintética da sede da Assoade.

“Estamos fazendo uma campanha de propostas, conversando, indo aos batalhões da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, e falando da necessidade de renovação. Reuniões estão sendo feitas e estamos sendo bem recebidos pela classe, uma campanha limpa e sem ataques e com proposta de mudanças verdadeiras”, reforçou o sargento Carley.

Carley ainda convoca os associados e militares da reserva para votarem no dia 09 de junho.

“Queremos fazer uma gestão participativa, onde todos terão voz e vez, e a mudança começa já na hora do voto. Cada voto é importante para nossa chapa e pedimos que confiem e votem 17 no dia 09, inclusive os militares da reserva, que como já foi dito, também serão valorizados pela nossa diretoria. A hora de mudar é agora, e começa no dia nove, pois juntos somos mais fortes”, finalizar Carley.

Compõe a chapa além do 3º sargento PM Carley na presidência, o 2º Sargento PM Giordano como vice-presidente, o 2º Sargento BM, Costa como secretário geral, tendo como segundo secretário o 2º sargento PM Fábio. Ainda fazem parte da chapa no setor de tesouraria, o 3º sargento PM Sabino, na vaga de 1º tesoureiro, e 2º sargento BM Everson como segundo tesoureiro.

As demais propostas da chapa 17 estão sendo divulgadas nas redes sociais, Facebook: Carley Chapa 17 e Instagram Sgtcarley

                                                   

Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto




Últimas Notícias