Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 11h:47

Tamanho do texto A - A+

Aneel aprova reajuste em distribuidoras do grupo Energisa

Por: CONTEÚDO ESTADÃO

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, 18, os reajustes para duas distribuidoras do grupo Energisa, a Energisa Nova Friburgo (ENF) e a Energisa Minas Gerais (EMG). Para os consumidores da ENF, a agência determinou um índice médio de aumento de 9,26%. Para as unidades consumidoras conectadas à alta tensão, a alta será de 9,48%, enquanto para a baixa tensão o reajuste será de 9,21%.

Para os consumidores da EMG, o índice de reajuste será de, em média, 6,73%. As unidades consumidoras atendidas em alta tensão observarão aumento médio de 7,41%, enquanto na baixa tensão a elevação é de 6,55%. As novas tarifas passam a vigorar em 22 de junho em ambos os casos.

O órgão regulador explicou que os aumentos foram impulsionados pelos impactos dos componentes financeiros e custos de aquisição de energia. Por outro lado, o pagamento antecipado do empréstimo da Conta ACR contribuiu para reduzir o índice final de reajuste, em 3,53% no caso da ENF e em 3,23% na EMG. A Conta-ACR foi um mecanismo de repasse de recursos às distribuidoras para cobertura dos custos com exposição involuntária no mercado de curto prazo e o despacho de termelétricas entre fevereiro e dezembro de 2014. A quitação antecipada o empréstimo foi anunciado em 20 de março e vem permitindo menores reajustes nas tarifas de todas as distribuidoras do País.

A Energisa Nova Friburgo atende o município de Nova Friburgo (RJ) e fornece energia a 108 mil unidades consumidoras. Já a Energisa Minas Gerais atende 65 municípios mineiros e um no Rio de Janeiro, totalizando 467 mil unidades consumidoras.

(Com Agência Estado)
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei