Terça-Feira, 26 de Março de 2019, 16h:35

Tamanho do texto A - A+

Três grupos vocais cuiabanos homenageiam a tricentenária capital mato-grossense

Por: REDAÇÃO

Netogabiru

Mesa pra 6/ Cuiabá Cappellla

 Mesa pra 6

No próximo domingo (31/03), diversas vozes se unirão no palco do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, em Cuiabá, para homenagear os 300 anos da capital mato-grossense. Idealizado pelos integrantes do grupo Mesa pra 6, “Cuiabá Acappella” é o título do espetáculo que reunirá cantores dos grupos vocais Alma de Gato, Coro Experimental MT e do próprio Mesa pra 6.

A apresentação é uma forma de todos expressarem seu amor por Cuiabá, como parte das festividades do tricentenário da cidade. É também uma oportunidade para que o público aprecie a riqueza da música cuiabana por meio de um repertório, que será apresentado acappella - apenas com acompanhamento de instrumentos de percussão em alguns números - e espelha a diversidade da capital de Mato Grosso.

“O espetáculo ‘Cuiabá Acappella’ trará o universo da música vocal para esse tipo de homenagem. O Coro Experimental MT apresentará o rasqueado e canções mais tradicionais; o Mesa pra 6 ficará com o lambadão e caberá ao Alma de Gato a parte mais cômica, resgatando o universo do Liu Arruda e as canções que fizeram sucesso com esse grande artista cuiabano”, afirma Jefferson Neves.

Cuiabano de tchapa e cruz, Jefferson é um dos elos de ligação dos três grupos: é cantor e arranjador do Mesa Pra 6 e do Alma de Gato, e regente do Coro Experimental MT. Tuanny Godoi também faz parte dos três grupos; Gilberto e Kael Nasser, assim como Ariane Martins, integram a atual formação do Alma de Gato e do Coro Experimental MT.

Raphael vieira

Alma de Gato/Cuiabá Cappella

 Alma de Gato

Além de canções bem tradicionais do cancioneiro cuiabano, como “Eu sou de Cuiabá” e “Cuiabá, Cuiabá”, o espetáculo trará um arranjo especial de Jefferson Neves para outros hits da música regional reunidos sob o título “Sabores cuiabanos” e uma fusão de “Pixé/Cachimbocó”, levando ao palco um mix da cultura cuiabana.

Artistas mato-grossenses como Pescuma, Henrique e Claudinho, Roberto Lucialdo, Vera & Zuleika e Moisés Martins serão lembrados no palco do Teatro do Cerrado, onde também haverá lugar para o lambadão da banda Stillus Pop Som e para a poesia em forma de canção de “Remanso”, de autoria de Beto Seror e Adriângelo com arranjo de Habel Dy Anjos. A homenagem à capital mato-grossense será feita ainda através de artistas plásticos cuiabanos, que marcarão presença no cenário e figurinos do show.

“Nosso espetáculo terá canções que retratam a irreverência dos cuiabanos, e também vai reverenciar nossa capital com o ‘Hino a Cuiabá’. Queremos festejar com muito bom humor e poesia os 300 anos da cidade onde nasceu a maioria dos integrantes dos grupos e que foi adotada pelos demais”, afirma Neves.

Junior Silgueiro

Coro Esperimental/Cuiabá cappella

 Coro Experimental

Serviço

O que: Espetáculo “Cuiabá Acappella”

Quando: Domingo, dia 31 de março, às 20h

Onde: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros - Av. André Maggi - Centro Político Administrativo – Cuiabá

Ingresso: R$ 10 + 1 kg de alimento não perecível.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto