Sexta-Feira, 27 de Setembro de 2019, 16h:48

Tamanho do texto A - A+

Show de Almir Sater ajudará a construir sede da MTmamma; junte-se a esta rede

Associação tem 100 voluntários e 300 assistidas, que são pessoas em tratamento e pós-tratamento do câncer de mama

Por: REDAÇÃO

Dia 11 de outubro, às 8h30, o Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá (MT), vai ser palco de um grande motivo para assistir ao show de Almir Sater, um dos mais conhecidos cancioneiros do Brasil: parte da renda será revertida para ajudar na construção da sede do Associação MTmamma Amigos do Peito, entidade que há 10 anos desenvolve um trabalho voluntário ímpar na prevenção do câncer de mama e cuidado com os pacientes.

Divulgação

Almir Sater

Ainda há alguns ingressos do primeiro lote para pista no valor de R$ 75,00 mais 1kg de alimento não perecível (ingresso social). Encerrando a venda do Ingresso Social, a pista será R$ 75,00 (meia) e R$ 150,00 (inteira).

As mesas estão sendo vendidas com os seguintes valores: Setor Branco, R$ 950,00; Setor Azul, R$ 1.200,00; Setor Roxo, R$ 1.600,00; Setor Verde, R$ 1.800,00; e Setor Amarelo, R$ 2.000,00. Ingressos e mesas podem ser adquiridos na Casa de Festas, Ingressos MT e Prime Eventos. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 99935-4793 (WhastApp).

A MTmamma, criada oficialmente, em março de 2009,  é reconhecida pelo governo do Estado e pelo município, como entidade pública sem fins lucrativos. Atualmente, tem cerca de 100 voluntários e 300 assistidas, que são pessoas em tratamento e pós-tratamento do câncer de mama), sobrevive com mensalidades dos associados, doações e colaboração da sociedade.

As assistidas participam das atividades semanais realizadas por voluntários, gratuitamente, como aulas de hidroginástica, yoga, reiki, meditação, oficinas de artesanato e customização, bate-papos mensais e grupo de psicoterapia.

A MTmamma tem ainda o primeiro Banco de Perucas do Estado, disponibiliza sutiãs com bojo para as mulheres que passaram por cirurgia para retirada do seio afetado, fisioterapia, entre outros. A sede da entidade é no jardim Petrópolis, em Cuiabá, porém a entidade trabalha em busca de apoio para a construção da sede própria.

No Brasil, o câncer de mama é o que mais atinge o sexo feminino. A última estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2018,  é o registro de 59.700 novos casos, somente em mulheres. Os homens também podem ter a doença, mas, o índice representa apenas 1% do total. Em Mato Grosso, os dados oficiais apontam 680 novos casos, sendo 220, na Capital.

Na prática, a presidente da MTmamma, Cleuza Dias, diz que a percepção é de um número maior de casos de câncer mama e há uma preocupação crescente com a detecção em mulheres jovens. “Nós atendemos mulheres muito jovens com câncer de mama e, por isso, a informação é a nossa principal arma para a detectar o problema  quanto antes. O autoexame, a visita periódica ao médico e exames específicos garantem diagnóstico precoce e salvar vidas. Com o tratamento mais rápido as chances de cura chegam a mais de 90%. Alertamos todas as gerações para as medidas de prevenção", ressaltou Cleuza Dias.

Uma década de luta

Quando a Associação de Apoio a Pessoas em Tratamento e Pós-tratamento do Câncer de Mama, realizou em Cuiabá, a primeira campanha em 2010, iluminando a igreja Nossa Senhora do Bom Despacho assim como acontece em vários países, no mês de outubro, inspirou inúmeras instituições públicas e privadas. Também promove, no mês de março, a Marcha Rosa por melhorias na estrutura de atendimento de câncer em Mato Grosso.

O show

Almir Sater se apresentará acompanhado por sua viola de dez cordas, mais conhecida como viola caipira, e mostra ao público alguns clássicos de sua carreira como “Tocando em Frente”, “Chalana”, “Trem do Pantanal” e os projetos mais atuais como “Bicho Feio”, “Assim Os Dias Passarão”, “Venha Me Ver” entre outras.

 
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas