Domingo, 16 de Junho de 2019, 10h:18

Tamanho do texto A - A+

Projeto arrecada materiais reciclados para compra de cadeiras de rodas

Por: REDAÇÃO

DIVULGA??O

CADEIRA DE RODAS

Os sulcos envelhecidos já revelam as 8 décadas de vida de dona Selma Grans Zanato. Em 2007, após um grave problema de saúde, teve de amputar uma das pernas e desde então passa os dias sentada em cadeiras, cama ou poltronas de sua casa localizada no bairro Costa Verde, em Várzea Grande. Nessa semana, o coordenador da Associação Paz e Bem, Fábio Pacheco, embalou a cadeira de rodas, colocou no porta-malas do carro e desembocou na rua de terra batida do bairro várzea-grandense.

Para comprar a cadeira de dona Selma foi necessário juntar uma tonelada de papel que foram vendidos para cooperativas de reciclagem. E o serviço é feito por meio do projeto ‘Mão na Roda’, que agora é parceiro do Núcleo Socioambiental do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). Para unir as pontas entre as pessoas necessitadas e a captação de materiais o Tribunal irá recolher, no próximo dia 28 de junho livros, códigos revistas e qualquer tipo de papel, em frente ao auditório Gervásio Leite, das 9h às 17h.

O material será doado à instituição Paz e Bem que fica localizada no bairro Parque Residencial Tropical Ville, em Cuiabá. “Nós coletamos esses materiais, fazemos a triagem e revendemos. Com esses recursos nós compramos cadeiras de rodas que são doadas às pessoas necessitadas. Essa já é a segunda parceria fechada com o Poder Judiciário e esperamos que os servidores colaborem com as doações”, disse Fábio Pacheco.

O projeto foi criado com o objetivo de obter, direcionar e gerir recursos às pessoas carentes com deficiência motoras, como cadeiras de rodas, cadeiras de banho, próteses e acesso a tratamentos médicos. A líder do Núcleo Socioambiental, Ana Carolina da Cunha Ferreira, explicou como funcionará a coleta. “Nós receberemos revistas, códigos usados, papel A4 e com isso vamos beneficiar tanto o meio ambiente, quanto o social. O ponto de entrega é aqui na frente do Gervásio Leite”, comentou.

“Essa cadeira de rodas foi realmente foi uma ‘mão na roda’ nesse momento. Nós não teríamos condições de comprar uma. Tanto que minha mãe já está sem muita locomoção há algum tempo. Essa doação chegou numa hora importante”, disse a filha da dona Selma, Marta Grans Zanato.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei