Sexta-Feira, 11 de Janeiro de 2019, 11h:14

Tamanho do texto A - A+

Usuários protestam contra tarifa de R$ 4,10 e relatam ameaças em redes sociais

Por: WILLIAN BELTER

Cerca de 50 pessoas participaram do protesto contra o aumento da tarifa de ônibus, na manhã desta sexta-feira (11) na Praça Ipiranga, em Cuiabá.  Os manifestantes acusaram a prefeitura de boicote ao protesto, que esperava, pelo menos, mil participantes.

 

REPRODUÇÃO

protesto passagem

 

“Não era muita gente no protesto de hoje de manhã, mas eu sentia que tinha um monte de gente nos apoiando. Eu sentia que ali naquelas poucas pessoas ecoava a voz de mais de mil”, disse vereador Abílio Junior (PSC), que liderou o protesto.

 

Antes de chegar ao local marcado, Abílio fez questão de andar de ônibus e registrar a viagem em vídeo, foi divulgado em seu Instagram.

 

“Oi pessoal, estamos chegando aí já para o protesto, ajudar a combater esse roubo que é R$ 4,10 a passagem. Se o ônibus não quebrar, a gente chega logo”, brincou o vereador.

 

Conforme o líder comunitário Mário Benevides, a prefeitura boicotou o protesto espalhando notícias falsas e enviando policiais militares.

 

“Não queremos  fazer uma manifestação para denegrir ninguém, bater em ninguém. Nós convidamos, não só uma pessoa. Tinham confirmado com a gente mais de mil, mas, infelizmente, se apareceu muito, foram umas 50 pessoas. Saiu nas redes sociais que o pessoal ia levar borrachada, que o povo iria apanhar, então a gente lamenta muito”, declarou Benevides.

 

Conforme o Vereador Felipe Wellatton (PV), a tarifa que custava R$ 3,85 e passou a ser cobrado R$ 4,10, no último dia 4 de janeiro, está acima da tabela de reajuste.

 

“A gente fez o cálculo da tarifa, está acima da tabela do reajuste. Aumenta progressivamente, nunca vai diminuir, mas o fato é, está acima do preço, a passagem podia ser abaixo dos R$ 4, a Prefeitura não quis isso”, declarou Wellatton.

 

Veja os vídeos

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei







Mais Comentadas