Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, 11h:29

Tamanho do texto A - A+

Um morre e outro paciente está isolado no Pronto-Socorro de VG com suspeita de gripe suína

Por: JESSICA BACHEGA

Um paciente do Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG) morreu e outro está em ala de isolamento com suspeita de gripe suína. Ambos foram submetidos a exames para comprovar se foram contaminados pelo vítos H1N1 e Secretaria Municipal de Saúde ainda aguarda os resultados. 

 

Assessoria/Várzea Grande

pronto socorro

 

Uma das vítimas estava internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Ipase, e foi transferido para o Pronto Socorro devido a gravidade de seu quadro clínico. A unidade ficou interditada por algumas horas e servidores ficaram sob monitoramento para se evitar a proliferação do vírus.

 

O paciente transferido morreu no sábado, após vários dias internado. Ainda no sábado, outra pessoa buscou atendimento médico na UPA do Ipase, apresentando os sintomas da gripe suína, mas nem chegou a ser atendido no local por conta da suspeita. Ele foi encaminhado para o hospital e está em isolamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O estado de saúde do paciente é crítico.

 

Segundo a assessoria da Prefeitura, o isolamento da UTI onde o paciente que faleceu estava já passou por assepsia para se inibir nova contaminação e a unidade hospitalar está recebendo pacientes normalmente.

 

“Agora aguardamos o resultado dos exames para saber com certeza se ambos foram contaminados com o H1N1”, informou o secretário de Comunicação, Marcos Lemos.

 

A doença é transmitida pelo vírus Influenza A H1N1, uma alteração do vírus da gripe, porém mais forte. Os sintomas também são semelhantes aos da gripe comum, só que ainda mais intensos. Caso o tratamento não seja feito logo no início do contágio, o doente pode morrer.

 

A contaminação pode ocorrer através do contato de objetos contaminados, gotículas respiratórias no ar e contato com a saliva de alguém que esteja com o vírus.

 

Leia também

Unidade de Pronto Atendimento do Ipase está interditada por suspeita de paciente estar com vírus H1N1

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas