Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 14h:51

Tamanho do texto A - A+

Sucuri de quase 4 metros “congestiona” trânsito próximo à ponte Sérgio Motta

Por: KHAYO RIBEIRO

Populares se assustaram ao verem uma sucuri de quase quatro metros passando pela rotatória da Alameda Júlio Muller, que fica próxima à ponte Sérgio Motta. O avistamento atípico na área fez com que o trânsito apresentasse um fluxo mais lento durante algum tempo.

Reprodução

Sucuri perto da Sérgio Motta

 Registro feito em região de mata próxima à ponte Sérgio Motta

Ao HNT/HiperNotícias, o Corpo de Bombeiros Militar informou que foi chamado e recolheu o animal do local por volta das 17h desta terça-feira (22).

Informações dos militares apontam que a retirada do animal foi estratégica no sentido de proteger o réptil, uma vez que a área de mata próxima já era considerada o habitat natural da sucuri e a presença humana na zona poderia prejudicar a segurança da cobra.

Uma filmagem que circula na internet mostra o momento em que a sucuri já se afastou da rotatória onde foi flagrada pelos populares. No vídeo, que disponibilizado na íntegra ao final da matéria, a cobra aparece em uma região de mato, próxima a um poço.

À reportagem, os bombeiros explicaram que, após o recolhimento, a sucuri foi solta em uma área que servisse como habitat natural. Os militares disseram também que a zona de mata do Rio Cuiabá é um dos pontos passíveis de acolhimento desses animais, uma vez que apresenta as condições ambientais necessárias.

As sucuris despontam como uma das maiores espécies de cobras do mundo, há registros de espécimes que alcançaram os nove metros de comprimento e peso de até 250 kg.

Em casos de avistamento de animais silvestres em perímetros urbano, a população deve entrar em contato com os serviços especializados para atendimento das ocorrências. Nessas situações, tanto o Corpo de Bombeiros Militar quanto a Defesa Civil municipal podem ser acionados.