Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h:43

Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso registra nove casos de suspeita de sarampo

Por: KHAYO RIBEIRO

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) informou que o estado apresenta nove casos de suspeita de sarampo. As ocorrências foram registradas em sete cidades da unidade federativa, conforme dados do boletim epidemiológico de setembro, divulgado pela secretaria no dia 14 deste mês.

IMAGEM DA INTERNET

SARAMPO

 Imagem ilustrativa

Os casos que estão sob investigação foram registrados nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Campo Grande, Guiratinga, Canarana e Nova Xavantina. Além dos nove casos em aberto, outros cinco foram registrados, mas a avaliação epidemiológica descartou contágio por sarampo.

Os dois últimos casos de suspeita de contaminação pela doença viral foram registrados em Rondonópolis, nesta semana. Conforme informações da prefeitura, um alerta de vacinação foi emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, a fim de que os moradores procurem postos de imunização contra a doença.

A pasta informou que a vacina tríplice viral, que imuniza contra o sarampo, a rubéola e a caxumba, está disponível em todas as unidades de saúde da cidade e deve ser tomada em duas doses.

Por meio de nota, a SES-MT apontou que realiza bloqueio vacinal em áreas de casos suspeitos de contaminação. “Diante de um caso suspeito, a Vigilância Epidemiológica do Estado é imediatamente comunicada e promove as investigações por meio da coleta de amostras, visando à realização de todos os exames conforme protocolo, bem como realiza o bloqueio vacinal nos contatos do caso”, disse a secretaria.

Vacinação

Com o agravamento dos casos de suspeita de contágio por sarampo, o Ministério da Saúde iniciou uma campanha nacional de imunização contra diversas doenças. Em Mato Grosso, na última sexta-feira (19), foi realizado o “Dia D” da vacinação, ocasião em que mais de 700 salas de vacinação ficaram disponíveis para imunização.

“Para a edição da Campanha Nacional de Vacinação, Mato Grosso recebeu 35 mil doses, que serão aplicadas em duas etapas. Na primeira, de 7 a 25 de outubro, crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade serão imunizadas. Já na segunda etapa, prevista para iniciar em 18 de novembro, serão vacinados adultos de 20 a 29 anos, que não estão com a caderneta de vacinação em dia”, apontou a SES.

Sarampo

As complicações ocasionadas pela contaminação por sarampo podem evoluir para óbito. Altamente contagiosa, a doença pode ser transmitida por meio de secreções expelidas durante a fala, tosse ou espirro.

“O comportamento endêmico/epidêmico do sarampo varia de um local para outro e depende basicamente da relação entre o grau de imunidade e a suscetibilidade da população, bem como da circulação do vírus na área”, apontou a secretaria.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas