Quarta-Feira, 10 de Julho de 2019, 17h:50

Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso é líder em desmatamento na Amazônia Legal em junho, diz Inpe

Por: KHAYO RIBEIRO

Mato Grosso lidera o ranking de desmatamento e degradação ambiental na Amazônia Legal em junho deste ano. Este apontamento é baseado nos dados do sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), publicados na quinta-feira (04).

Marcos Vergueiro

mato grosso

 Imagem ilustrativa

Conforme o relatório do Inpe, em Mato Grosso e outros oito estados brasileiros (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Rondônia Roraima e Tocantins) foi observado o desmatamento de uma área total de 2.072,03 km de cobertura vegetal.

Mato Grosso sofreu com a degradação de uma porção de quase 50% deste valor, totalizando uma área de 1.025,58 km.

As áreas de desmatamento por corte raso nos últimos três meses (abril, maio e junho/2019) acumulam o total de 1.907,1 km2. Em 2018, foram registrados 1.528,2 km2 no mesmo período, ou seja, observa-se um crescimento de 24,8%.

Já quando analisado o ano calendário do desmatamento – agosto/2018 a junho/2019 – o DETER aponta 4.574,9 km2, valor 15,1% superior ao do período de agosto/2017 a junho/2018, que foi de 3.975,5 km2.

Deter

Realizado pela Coordenação de Observação da Terra em conjunto com o Centro Regional da Amazônia (CRA), o Deter é um serviço de alerta de desmatamento e degradação florestal na Amazônia Legal baseado em dados de satélite de alta frequência de revisita.

Os alertas produzidos pelo Deter servem para orientar a fiscalização e garantir ações eficazes de controle da derrubada da floresta. Embora sejam divulgados relatórios que reúnem dados mensais, os resultados do Deter são enviados quase que diariamente ao Ibama.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1



Últimas Notícias





Mais Comentadas