Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 09h:27

Tamanho do texto A - A+

Estado afirma que em uma semana, 50 escolas já desistiram de manter greve

Por: FERNANDA ESCOUTO

Nos últimos sete dias, 50 escolas estaduais de Mato Grosso que haviam aderido ao movimento grevista do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) desistiram totalmente ou em parte e retornaram às atividades. A categoria está em greve desde o dia 27 de maio.

HNT/HiperNoticias

mauro mendes ferreira

 Governador Mauro Mendes

Na segunda-feira passada (10), levantamento feito pela Secretaria de estado de Educação (Seduc) apontou que, das 767 escolas estaduais, 406 (52,94%) estavam em greve.

Outras 326 (42,5%) não haviam aderido à greve, enquanto que as 35 restantes (4,56%) estavam funcionando parcialmente. 

Já nesta segunda-feira (17), novo levantamento apontou que o número de escolas paradas diminuiu consideravelmente, passando das 406 para 356 (46,41%). Por outro lado, as escolas que continuaram a funcionar normalmente passaram de 326 para 346 (45,11%).

Também aumentou o número de unidades escolares funcionando parcialmente, de 35 para 65 (8,47%).

O Governo acredita que a desmobilização é resultado da sensibilidade dos professores, que conseguiram compreender a impossibilidade de o Estado conceder reajuste de 7,69% em razão da crise e dos impedimentos judiciais.

“O que nós podíamos fazer era dialogar com os servidores, já dialogamos. Antes da greve, tivemos três reuniões com o sindicato, eu participei de uma delas. Falamos fracamente com a verdade. Eu disse a eles: não vou dar cheque sem fundo, prometendo pagar aquilo que eu sei que o Estado não tem legalidade para fazer e muito menos condição para fazer”, disse o governador Mauro Mendes, em entrevista à imprensa.

“A tranquilidade de falar a verdade é que você pode perguntar dez vezes, de dez formas diferentes e eu vou responder sempre do mesmo jeito, porque eu estou falando a verdade”, completou.

(Com Assessoria)

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas