Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017, 09h:04

Tamanho do texto A - A+

Em Cuiabá, 70% do comércio adere Black Friday e produtos têm até 80% de desconto

Por: CAMILLA ZENI

Novo símbolo do comércio, a Black Friday, que acontece nesta sexta-feira (24), é um momento bastante aguardado por lojistas e consumidores, que consideram todo o mês de novembro propício às negociações. Em Cuiabá, cerca de 70% dos comerciantes aderiram à campanha. No comércio, as expectativas são de economia positiva.

 

Mayke Toscano/Hipernoticias

comércio

 Compras de Black Friday devem movimentar o comércio da Capital

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) nas 27 capitais brasileiras revelou que 82% dos entrevistados devem comprar na Black Friday, sendo que, destes, 43% pretendem analisar os preços e descontos oferecidos. Os dados ainda apontam crescimento na taxa de vendas, destacando crescimento favoráveis ao comércio.

 

Em Cuiabá, o superintendente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Fábio Granja, destac que, embora as vendas online sejam líderes de mercado, a oportunidade é igualmente importante para o comércio local, que têm na data a possibilidade de renovar estoque e elaborar estratégias para a prospecção de novos clientes.

 

“É um período que o consumidor tem aguardado. Diante disso o comércio precisa participar, pois a cada a ano que passa o resultado tem melhorado”, ponderou. “Depende muito do segmento e do produto, mas já encontramos produtos com até 80% de desconto real. Acreditamos que hoje mais de 70% dos comerciantes tem aderido a black Friday e proporcionado aos consumidores boas opções de compra”.

 

Em relação a 2016, a expectativa é de que haja crescimento de 5% nas vendas locais, reforçando a curva positiva da economia após o período de crise. Para o superintendente, o crescimento econômico é gradativo e, sem dúvidas, a black friday faz parte do movimento. Granja também destaca que o comércio tem procurado formas de se reinventar, utilizando ações que envolvem desde a gestão empresarial à conquista da fidelização dos consumidores, o que também tem impacto na economia.

 

“O ano de 2017 tem sido de estabilidade para mais, ou seja, comparando com o ano passado, estamos visualizando números positivos, algo que não visualizamos nos últimos 3 anos. O crescimento é gradativo, porém tivemos meses e datas que chegamos a 5% de incremento”. Segundo ele, os resultados positivos obtidos ao longo do ano trazem maior expectativa em relação às vendas de Natal.

 

Compras na Black Friday

De acordo com o SPC, a pesquisa realizada com consumidores apontou que sites de lojas nacionais são os principais locais de compras, seguidos por shoppings. Dados ainda afirmam que o fator determinante para a compra de um produto continua sendo o preço, segundo 51% dos entrevistados. Em seguida, a possibilidade de frete (34%) e, por último, a qualidade dos produtos, priorizada por 27% da população.

 

Dos produtos mais procurados, celulares e smartphones lideram a lista, seguidos por roupas e eletrodomésticos. Segundo a pesquisa, quase metade dos consumidores (42%) devem utilizar o cartão de crédito para parcelar as compras, que devem custar, em média, R$1.047,80.

 

Confira a pesquisa do SPC aqui.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto