Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 09h:43

Tamanho do texto A - A+

Cuidados que devem ser observados na hora de sacar o FGTS

Por: KHAYO RIBEIRO

A Caixa Econômica Federal (CEF) disponibilizou a quantia máxima de R$ 500 para saques relativos à liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ao HNT/HiperNotícias, o delegado Eduardo Botelho, da Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia (Gcat), apresentou dicas sobre como os cidadãos podem realizar o saque de maneira mais segura. As transações bancárias foram iniciadas na última semana.

Alan Cosme/HiperNoticias

delegado eduardo botelho/deddica

 Delegado Eduardo Botelho, da Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia (Gcat)

“O desemprego no país é alto. Então, ainda que o valor não seja elevado, é preciso tomar o máximo de cuidado possível. Os criminosos se aproveitam de situações fáceis”, alertou Botelho.

Para o delegado, uma das medidas que pode ser tomada pela população na hora de sacar o recurso é evitar andar com o dinheiro em lugares com poucas pessoas. “Evitar saques no horário noturno e transitar em locais com poucas pessoas, porque isso pode encorajar ações criminosas”, disse.

O delegado também preveniu sobre algumas ações que podem ser consideradas suspeitas e devem ser evitadas. “As pessoas devem evitar contato com pessoas de comportamento suspeito, aqueles que olham demais para os terminais eletrônicos ou carteiras dos outros”, pontuou.

Horário de atendimento

A reportagem procurou a comunicação da Caixa Econômica, que afirmou haver um horário estendido para saques do recurso nas agências.

Em Cuiabá e Várzea Grande, por exemplo, as instituições financeiras estão abrindo uma hora antes do turno habitual e fechando uma hora depois. Assim, os horários estendidos nestas localidades são entre às 09h e às 16h.

Para agências que rotineiramente abrem às 10h, agora devem abrir às 08h. Enquanto que os bancos que comumente abrem às 11h devem começar o atendimento às 09h.

Transações milionárias

Conforme dados do portal Exame, a Caixa registrou entre sexta-feira e domingo (15) um total de 12 milhões de transações para saques do recurso. Nesse sentido, foram debitadas das contas do banco R$ 4,97 milhões para liberação do FGTS.

“A cada duas semanas, vamos liberar mais de R$ 5 bilhões. A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade nos mais de 55 mil pontos de atendimento em todas as regiões do Brasil”, apontou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Calendários de saque

A população com conta-poupança na Caixa pode sacar o dinheiro seguindo este calendário:

Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril começaram a receber na sexta-feira (13).

Nascidos em maio, junho, julho e agosto receberão a partir de 27/9.

Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 9/10.

A população que tem conta corrente na Caixa pode sacar o recurso seguindo este calendário:

Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril, caso autorizaram até 8/9, começaram a receber na sexta-feira (13).

Nascidos em maio, junho, julho e agosto, caso autorizarem até 22/9, receberão em 27/9.

 Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, caso autorizarem até 4/10, receberão em 9/10.

 

E, por fim, a população que não é cliente da Caixa pode sacar o recurso seguindo este calendário:

Nascidos em janeiro recebem a partir de 18/10.

Nascidos em fevereiro recebem a partir de 25/10.

Nascidos em março recebem a partir de 8/11.

Nascidos em abril recebem a partir de 22/11.

Nascidos em maio recebem a partir de 6/12.

Nascidos em junho recebem a partir de 18/12.

Nascidos em julho recebem a partir de 10/01/2020.

Nascidos em agosto recebem a partir de 17/1/2020.

Nascidos em setembro: recebem a partir de 24/01/2020.

Nascidos em outubro recebem a partir de 7/02/2020.

Nascidos em novembro recebem a partir de 14/02/2020.

Nascidos em dezembro recebem a partir de 6/03/2020.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei