Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 14h:00

Tamanho do texto A - A+

Cuidado deve ser redobrado neste período, diz físico ambiental

Por: KHAYO RIBEIRO

Após 102 dias sem chover em Cuiabá, uma repentina precipitação foi registrada em alguns pontos da Capital, trazendo, ainda que de forma breve, um alívio para o tempo seco dos últimos dias. Contudo, essa primeira chuva, que sucede um longo período de estiagem, requer “cuidados redobrados” com a pele, como aponta o doutor em física ambiental Denilton Carlos Gaio.

Neide Rigo

Chuva do caju

 Imagem ilustrativa

Ao HNT/HiperNotícias, o físico, que é professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), apontou que essas primeiras precipitações vêm com uma sobrecarga no teor de acidez. “O dióxido de carbono em conjunto outras substâncias faz com que a água dessas primeiras precipitações venha muito ácida, podendo apresentar altos níveis de enxofre e ácido sulfúrico”, pontuou o especialista.

O conhecimento científico do doutor em física encontra coro no calendário popular das chuvas e das estiagens. Na tradição oral, como lembra Denílton Carlos, muitas pessoas atribuem a essas primeiras chuvas a denominação de “chuva do caju”. Isso se dá por conta de essas precipitações antecederem o período de florada dos cajueiros.

“Muitos ‘mateiros’ e pessoas do campo têm esse registro dos ciclos da natureza, mesmo nem sempre sendo preciso. Mas o que a gente pode tirar dessa época é que não é recomendado que se banhe nesse período, essa água que cai pode causar irritações na pele”, explicou o professor.

Djalma Ribeiro / Drone Cuiab?

Cuiab? na vis?o do Drone

 Visão aérea de Cuiabá

Previsão do tempo

Com temperatura de até 37°C, a semana deve ser de calor em Cuiabá. Em Chapada dos Guimarães (65 km da Capital), os termômetros devem registrar máxima de 32° C. Os dados do levantamento são divulgados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

Nesta segunda-feira, a temperatura mínima registrada em Cuiabá foi de 21° C, com máxima de 35° C. No município de Chapada dos Guimarães, os termômetros registraram mínima de 15° C e a máxima deve chegar aos 31° C.

Na terça-feira (20), o boletim do tempo sinaliza mínima de 20° C e máxima de 36° C, em Cuiabá. Enquanto que em Chapada os termômetros devem registrar mínima de 11° C e máxima de 31° C.

Na quarta-feira (21), a temperatura em Cuiabá se mantém próxima ao dia anterior, marcando 22° C e 38° C, sendo mínima e máxima, respectivamente. Em Chapada dos Guimarães, a temperatura mínima deve ser de 13º C e máxima de 32° C.

Quinta-feira (22), em Cuiabá, os termômetros devem registrar mínima de 21° C e máxima de 38° C. Já em Chapada, a temperatura mínima deve ser de 12° C com máxima de 34° C.

Na sexta-feira (23), os termômetros devem apontar mínima de 11° C e máxima de 32° C, em Cuiabá. Em Chapada dos Guimarães, a temperatura mínima registrada deve ser de 17° C, com a máxima podendo alcançar os 31° C.

Os dados do CPTEC sinalizam, também, que o índice de radiação ultravioleta (UV) é nove, valor considerado alto entre os especialistas.

Saiba mais sobre o tema abaixo: 

https://www.hipernoticias.com.br/cidades/apos-mais-de-tres-meses-chuva-timida-chega-em-cuiaba/137666

https://www.hipernoticias.com.br/cidades/tempo-seco-pode-causar-envelhecimento-precoce-e-irritabilidade-diz-medico/137495

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto