Terça-Feira, 08 de Novembro de 2016, 17h:07

Tamanho do texto A - A+

Caminhoneiro de MT vê colega ser assassinado a tiros durante assalto em Santos-SP

Por: MAX AGUIAR

Na noite de sábado (5), na cidade de Santos, litoral de São Paulo, um caminhoneiro de Sapezal (distante 529km de Cuiabá) presenciou seu companheiro de profissão baleado durante uma tentativa de assalto. Natural da cidade de Vilhena (RO), Adão Leonardo de Lima, 54 anos, levou três tiros. 
 

Arquivo Pessoal

caminhoneiro morto em santos

Adão (sem camisa) levou três tiros durante tentativa de assalto

Em entrevista ao site Folha do Sul On Line de Vilhena, um genro de Adão, que morava em Vilhena há mais de 30 anos, deu detalhes do crime que provocou sua morte.
 
O caminhoneiro havia deixado o caminhão no pátio da empresa dona da carga de algodão em Santos. A carga tinha saído na quinta-feira de Mato Grosso e foi descarregada no dia do latrocínio (roubo seguido de morte). 
 
Em companhia do amigo, o vilhenense estava voltando de um supermercado quando foi abordado por três assaltantes, sendo um deles menor de idade. Diante do anúncio do roubo, Adão deu um passo para trás e levantou as mãos.
 
Os suspeitos fugiram e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o caminhoneiro não resistiu e morreu no local. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária e será investigado pela equipe do 5º DP.  
 
O corpo de Lima, que deixa 4 filhos, todos maiores de idade, foi sepultado no cemitério Cristo Rei, em Vilhena.
 
O mato-grossense que viu todo ato será ouvido pela polícia para tentar detalhar toda ação que resultou na morte do amigo. Por enquanto, o caso segue sendo investigado como crime de latrocínio, por conta da intensão dos criminosos.
 
 
Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto