Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h:53

Tamanho do texto A - A+

Após 20 anos, cinco empresas participam da licitação do transporte

Por: DA REDAÇÃO

licitacao onibus

Envelopes foram entregues nesta sexta

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu nesta sexta-feira (18) a licitação para contratação de empresa para o transporte coletivo da capital.

Cinco concorrentes oficializaram interesse: Integração Transporte LTDA; Caribus Transportes e Serviços LTDA; Rápido Cuiabá Transporte Urbano LTDA; Viação Paraense LTDA e Pantanal Transporte Rodoviário e Serviço de Locação Eireli.

O montante mínimo apontado por estudos de viabilidade técnica é de R$63 milhões, divididos entre quatro lotes, investidos ao longo de 20 anos em melhorias para o transporte coletivo da Capital.

As cinco empresas entregaram à Comissão de Licitação, a documentação exigida para a participação no certame, que conta com três etapas. Do total de lotes, cada empresa pode arrematar no máximo dois.

Hoje, teve início a avaliação das exigências que apontarão se as interessadas estão aptas à concorrência. De acordo com o diretor de Licitação e Contratos da Secretaria de Gestão, Agmar Siqueira, o resultado será publicado no Diário oficial, nos próximos dias.

A fase seguinte diz respeito à proposta técnica, quando é comprovada, por exemplo, a capacidade das empresas em operar com o número de ônibus e com a quantidade de veículos com ar-condicionado previstos no edital. Depois disso, as classificadas partem para a proposta financeira, da qual saem vencedores as que oferecerem melhores valores para investimento.

Segundo Pinheiro, o edital também reduz a idade média dos veículos de 5.5 para 4.5 anos. “Depois de quase 20 anos, tivemos a coragem de fazer uma nova licitação. Este é um dos compromissos mais emblemáticos que fiz e que tenho uma alegria enorme de honrar, porque é o retrato da minha gestão: a humanização e o respeito às pessoas em primeiro lugar”, afirmou o prefeito.

Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá

onibus cuiaba


Pinheiro também destaca a inclusão de veículos com ar-condicionado à frota cuiabana, que hoje conta com apenas 60 ônibus climatizados, do seu total de 390. “As vencedoras começarão a atuar com, no mínimo, 30% de ônibus com ar-condicionado, chegando à totalidade da frota em até cinco anos. Hoje não tem nenhuma cidade no Brasil com 100% da frota refrigerada. Seremos um case de sucesso”, afirmou.

O secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, lembra que o edital, lançado em agosto, circulou por 45 dias, conforme previsto em lei. A previsão agora é de que as vencedoras sejam anunciadas em dezembro. “É totalmente diferente do que temos hoje. Um fato é importante é que o sistema é adaptável a qualquer modal, tanto VLT quanto BRT, não causando prejuízos à cidade”, disse. As melhorias se estenderão a 150 mil passageiros que utilizam o sistema diariamente.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei







Mais Comentadas