Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 07h:00

Tamanho do texto A - A+

Cada cor uma mensagem

Por: PRI PREVIATTO

Divulgação

Pri Previato_capa


O assunto por aqui continua colorido: Na “pegada” das cores como forma de comunicar, o artigo da semana passada já deu uma ideia, mesmo que ainda superficial, sobre como a cor que você usa pode transformar a visão do receptor de sua imagem.

Como assim? 

Já foi falado que cada cor causa uma emoção diferente, não é mesmo?

Da mesma forma, elas transmitem mensagens. Por exemplo, já reparou que a pessoa de terno azul parece muito mais acessível que a pessoa de terno preto? Pense nisso!

Assim, as cores podem ser usadas de maneira pensada de acordo com o que cada um deseja comunicar, não verbalmente, ao se vestir.

Pois bem, a seguir continue acrescentando um pouquinho mais de conhecimento a respeito da mensagem das cores:

- MARROM: Ao contrário do queridinho azul, essa cor está ligada a alguns aspectos negativos, é vista como suja, sem personalidade e monótona, isso porque essa crença negativa foi construída ao longo dos anos, quando as pessoas de classe alta podiam ter suas roupas tingidas enquanto as demais não, assim, não é considerada uma cor que passa nobreza. Lado positivo? Passa aconchego;

- CINZA: “Nem branco, nem preto”, isso a define, nem um, nem outro. Uma cor sem força, tediosa, vaga, não é alegre, ou seja, cinzenta. Neutra. Passa também a informação de inacessibilidade, distanciamento, isso pode ser usado de forma positiva numa profissão, como por exemplo, por advogados. É a cor da tecnologia, já reparou? O cinza valoriza outras cores quando usadas juntas a ele. Por tudo isso ele é usado como neutralizador no teste de coloração pessoal;

- BRANCO: O branco também coleciona aspectos positivos, como o azul. É a cor da perfeição, porém, pode ser usada como veículo de distanciamento também em um look, permanecendo no exemplo do ramo da advocacia: se você se deparar com uma advogada de branco da cabeça aos pés no corredor do fórum, imagine a cena, ela não parece ser superior e inacessível? É isso! O branco também é feminino, nobre, imaculado;

- AMARELO: A cor do sol! Uma cor otimista, que passa informação de entretenimento, alegre, revigorante como o sol. O amarelo é o símbolo da insegurança, e sabe por quê? Ele quando se junta as outras cores é influenciado, é base para formação de tantas outras afinal, verde, laranja, etc;

- LARANJA: É uma cor original, afinal, quem usa laranja não quer estar igual a todo mundo não é mesmo? É uma cor exótica, alegre, relacionada a socialização e ao lúdico;

- BEGE: Simples e serena, como quem gosta de usar, aqueles que não desejam chamar atenção. Como ponto negativo é monótona e chata. É relacionada a insegurança, pois quem a usa demonstra certo receio de “arriscar”;

- DOURADO: Dinheiro! Sorte! Luxo! A cor passa informação de ostentação, do deslumbrante, do belo, ligada ao que é duradouro e verdadeiro. Como lado negativo, é relacionada ao orgulho, materialismo;

- PRATA: Se o cinza já traz ligação a tecnologia, o prata então? É dinâmico, passa sentimento de velocidade, de futuro, do moderno.

E você, vai usar cores conscientemente a seu favor?

(*) PRI PREVIATO é Consultora de Estilo e Imagem e escreve para HiperNoticias às quartas-feiras. Instagram: priscila.previato – Facebook: pripreviato

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei