Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 15h:00

Tamanho do texto A - A+

Apenas reconheça

Por: FRANCISNEY LIBERATO

Reprodução

Francisney Liberato

Em 2018, eu estava há quase cinco anos sem fazer check up na saúde. Por alguns motivos aleatórios e talvez injustificáveis, acabei por não tomar essa atitude de extrema importância para uma boa manutenção da minha vida. É sabido que agir preventivamente, evita-se eventuais problemas de saúde.

É de senso comum que quando somos acometimento por alguma doença, o procedimento correto é fazer um acompanhamento, procurar ajuda de um médico especialista, tomar as medicações necessárias e seguir um prognóstico adequado para a cura.

Você já reparou que existem pessoas que estão doentes e, mesmo assim, não admitem? Por exemplo, há indivíduos que sofrem com a terrível crise de enxaqueca, outros possuem o desprazer da convivência com o refluxo, contudo não reconhecem a enfermidade e, para tanto, não tomam o cuidado devido.

Fato é que muitos preferem conviver com os terríveis sintomas de doenças a ter que passar por algum processo doloroso, mas que lhes trará a cura definitiva. Alguns agem dessa forma por falta de conhecimento, há também aqueles que tem medo de encarar o diagnóstico, já outros por puro lapso ou falta de amor próprio.

Para essas pessoas eu tenho uma notícia a dar: Não há cura para o indivíduo que não admite a doença. Impossível tratar alguém que não admite o seu gargalo. A consequência disso é: 1º – não haverá cuidado devido; 2º – não haverá tratamento; 3º – não haverá ajuda; 4º – não haverá medicação; 5º – não haverá cura, e por fim, 6º – não haverão mudanças.

Fazendo uma ligação com a área comportamental, podemos concluir que: se não houver reconhecimento do erro, não haverá aprendizado e, não havendo aprendizado, não haverá a real mudança.

É indispensável reconhecer que você precisa de ajuda, para que possa ser ajudado. Tenha a certeza de que haverá cura apenas para aqueles que quiserem. A virtude da humildade aplica-se muito bem para esse momento.

Quer ser uma nova pessoa? Quer abrir mão de doenças comportamentais enraizadas em você há muito tempo? Quer viver melhor e ser uma pessoa transformada? O check upcomportamental existe, a cada novo amanhecer quando abrimos os olhos e constatamos que fomos presenteados com mais um dia de vida, pois enquanto há vida, há a oportunidade de fazer a melhor escolha, de se aprimorar e de buscar “as curas”.

Fazendo uma avaliação de forma constante e permanente, haverá o progresso rumo ao melhor desenvolvimento de você quanto ser humano. Apenas reconheça as suas doenças, ou melhor, os seus erros, tome a atitude de mudar a todo instante e a cura inevitavelmente chegará.

 

*FRANCISNEY LIBERATO BATISTA SIQUEIRA é Secretário de Controle Externo, Auditor Público Externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Palestrante Nacional, Professor, Coach, Mentor, Advogado e Contador.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto