Domingo, 13 de Agosto de 2017, 12h:17

Tamanho do texto A - A+

Sertanejos revelam descobertas da paternidade no primeiro Dia dos Pais

Por: G1

A palavra paternidade encontrou um outro sentido para os sertanejos Zé Neto, Cristiano e Gusttavo Lima. É que, pela primeira vez, eles experimentam as alegrias e as aflições de serem pais, e assumiram a incrível missão de se tornar guardiões de outra vida. Os responsáveis por essa mudança são três “pedacinhos de gente” com poucos meses de vida e que atendem pelos nomes de José Filho, Pietra e Gabriel, respectivamente.

 

Reprodução

DIA DOS PAIS

 Gusttavo Lima, Gabriel e Andressa Surita

Neste domingo (13), Dia dos Pais, os sertanejos falaram ao G1 sobre as transformações encaradas neste breve período no papel, como pretendem transmitir seus valores aos filhos, e da responsabilidade de repetir os ensinamentos dos próprios pais, verdadeiros portos seguros em suas vidas.

 

“Segurar parte de mim é algo que não tem explicação. Mudei totalmente meus conceitos e prioridades. Luto por ele e por minha família. Acho que todo homem devia passar por essa experiência que é inexplicável”, diz o cantor Zé Neto.

 

Atenção dividida

 

Desde o nascimento dos filhos, a atenção dos sertanejos se divide entre a música, que os tornou fenômenos no Brasil, e a preocupação com a família. Na estrada para atender uma agenda apertada que chega, às vezes, a dois shows por noite, nem sempre é possível estar perto dos bebês e das mulheres.

 

Zé Neto afirma que a única forma de ter o pequeno José Filho, de apenas 23 dias de vida, junto dele o tempo todo é com a ajuda da tecnologia. É pela tela do celular que consegue estar presente no dia a dia do bebê, fruto do casamento com Natália Fonseca Toscano.

 

“Ele acabou de nascer e não posso levá-lo onde estou, mato a saudade fazendo vídeo chamada antes e depois do show. Essa é uma maneira para manter próximo, fazer ele escutar minha voz (ele sabe que sou eu). Quando começa a chorar, é só ele escutar minha voz e ele para. A agenda está sendo o maior empecilho, mas o pai aqui tem que trabalhar, né?”, diz.

 

Reprodução

DIA DOS PAIS

 Paula Vaccari, a pequena Pietra e Cristiano

Pais são espelhos

 

Evitar que os filhos se envolvam em problemas e tentar fazer com que eles tomem decisões que não criem dificuldades são os desejos de todo pai. O papel de aconselhar não é nada simples, e os pais sabem que acertar na criação dos filhos para o mundo é incerto, mesmo tentando fazer o que julgam ser correto a todo instante.

 

Preocupado com a criação de Gabriel, que nasceu em junho deste ano fruto da relação com Andressa Suíta, Gusttavo Lima diz buscar no pai, seu Alcino, a inspiração para ser exemplo na vida do filho.

 

 

“Meu pai sempre me mostrou o que era necessário para um homem viver, trabalhar, sonhar e ter os princípios de vida. Quero que ele [Gabriel] também sonhe e vá atrás deles. Eu sou muito apegado à minha família, amo família grande e meu pai é a base para esta união”, diz.

 

 

Para Gusttavo, o maior desafio da paternidade está em ser uma pessoa com atitudes que possam influenciar a personalidade de Gabriel.

 

“Eu vejo o meu coração fora do peito, é muito bacana e eu me sinto responsável pelo meu filho. Eu sou o exemplo maior para tudo na vida do Gabriel e pretendo educar e transmitir todos os valores ideais que um ser humano precisa para viver em sociedade”, afirma o cantor.

 

"Meu pai é meu alicerce, a gente acerta e erra junto, e isso que nos tornou tão "pai e filho", compartilharmos as mesmas paixões. Quero ter essa mesma ligação com meu filho", diz Zé Neto.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto