Sábado, 29 de Julho de 2017, 09h:49

Tamanho do texto A - A+

Atriz Angelina Jolie revela sobre diagnóstico de paralisia facial

Por: CATRACA LIVRE

Angelina Jolie revelou em entrevista à Vanity Fair, publicada nesta quarta-feira, que foi diagnosticada com ‘paralisia de Bell’, que compromete os nervos faciais, no ano passado.

 

G1

Angelina

 

A atriz, também desenvolveu hipertensão em 2016, comentou: "Às vezes, as mulheres nas famílias se colocam em último lugar, até que se manifeste em sua própria saúde".

 

Na maioria dos casos a paralisia de Bell é temporária. Os sinais costumam melhorar em algumas semanas, com recuperação completa geralmente em cerca de seis meses. Porém algumas pessoas continuam a ter sintomas durante toda a vida, como informa matéria do Minha Vida, parceiro do Catraca Livre.

 

Jolie diz que está completamente curada da condição e que a acupuntura  ajudou na recuperação.

 

Causas, sintomas e tratamento da doença

Apesar da causa exata da paralisia de Bell ainda ser desconhecida, acredita-se que ela aconteça em decorrência de um inchaço ou inflamação do nervo que controla os músculos de um lado do rosto.

 

O problema também pode estar ligado com infecções virais, que podem fazer com que o nervo facial fique inchado e inflamado, interferindo no seu funcionamento.

 

A fraqueza da face é o principal sintoma de paralisia de Bell, e costuma afetar apenas um lado do rosto e ocorrer subitamente, podendo ter seu efeito agravado ao longo de vários dias.

 

O tratamento medicamentoso é feito com remédios corticosteroides (que reduzem a possível inflamação),  antivirais (caso o problema seja causado por um vírus) e analgésicos.

 

Os músculos paralisados pela condição podem encolher e diminuir, provocando contraturas permanentes. Fisioterapeutas podem ajudar ensinando exercícios e massagem para os músculos faciais se recuperarem ou então para evitar essa complicação

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 2

Leia mais sobre este assunto