Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, 09h:15

Tamanho do texto A - A+

Viana ameaça sair de chapa se Sachetti não for ao Senado e confirma Pivetta como vice de Mauro

Por: DANNA BELLE

“Vou ter uma conversa hoje à tarde com o Adilton e o Pivetta. Se deixarem o Adilton de fora, eu também saio da política. Eu não vou ficar. Eu defendi uma oposição por quatro anos, dura, ferrenha, apanhando, mas com coerência e postura firme, agora vamos abrir espaço aí para quem estava puxado saco do Pedro até ontem? Não! Não! Eu não concordo com isso”, declarou o presidente do PDT, deputado estadual Zeca Viana à reportagem do HiperNotícias.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

zeca viana otaviano pivetta

 Otaviano Pivetta com Zeca Viana em encontro do PDT

De acordo com Viana, o ex-prefeito de Cuiabá e pré-candidato ao Governo do Estado, Mauro Mendes (DEM) confirmou ter concretizado a participação do PSD na aliança, mas acredita que poder haver mudanças até as convenções partidárias, uma vez que há “uns questionamentos que não estão agradando todo o grupo”.

 

“Nós precisamos acomodar o Adilton Sachetti numa candidatura ao Senado. Adilton é nosso companheiro e não pode ficar para trás, eu estou preocupadíssimo com isso”, revelou na manhã desta quinta-feira (12).

 

O deputado federal Adilton Sachetti (PRB) está disputando a segunda vaga como senador, dentro da chapa, com o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), visto que a primeira cadeira pertence ao ex-governador Jayme Campos (DEM).

 

Viana vê como incoerência permanecer na mesma aliança de políticos denunciados, pois passou os três anos e meio de seu mandato na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso denunciando atos de corrupção do atual governo. O político declarou preferir seguir como empresário do agronegócio do que estar com companheiros de palanque comprometidos com a Justiça.

 

“Descarto [a candidatura à reeleição], vou cuidar das minhas roças e largar mão. Eu, pelo menos, saio da política com um posicionamento firme que eu tive desde o início. Com coerência, procurei fazer um trabalho o mais correto possível, mais transparente possível, agora vamos ficar carregando um monte de pessoas tudo comprometida com a Justiça e com denúncia? Eu não!”, afirmou.

 

O deputado também confirmou o nome do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT) como vice de Mauro Mendes.

 

“Era o nosso candidato a governo, mas como nós somos muito próximos e somos bastante fiéis ao Mauro, a gente esperou o Mauro, se ele não confirmasse a candidatura dele, o nosso candidato era o Otaviano Pivetta, então é mais do que justo o Pivetta ser o vice”, finalizou.

Avalie esta matéria: Gostei +8 | Não gostei - 1

Leia mais sobre este assunto