Quarta-Feira 22 de Fevereiro de 2017
pesquisas

Terça-Feira, 13 de Dezembro de 2016, 13h:49

Tamanho do texto A - A+

Taques defende manutenção da aposentadoria especial de policiais militares

Por: RENAN MARCEL

O governador Pedro Taques (PSDB) defendeu a manutenção da aposentadoria especial para os servidores que atuam na área da Segurança pública, como os policiais militares e civis, bombeiros e os agentes penitenciários.

 

Lenine Martins/Sesp-MT

Troca de comando

 

Durante solenidade de posse do novo comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Jorge Luis de Magalhães, nessa segunda-feira (12), o tucano afirmou que vai atuar em Brasília para garantir a manutenção do direito das categorias.

 

Taques lembra que os profissionais exercem funções e atividades de risco, por isso merecem o “tratamento diferenciado”. No discurso, o governador citou a reforma da Previdência que está sendo discutida pelo governo federal e o Congresso.

 

“Eu defendo que os profissionais da Segurança, os policiais militares, policiais civis, bombeiros e profissionais do sistema penitenciário tenham um tratamento diferenciado na questão da Previdência, porque exercem atividade de risco. Em sendo atividade de risco, o tratamento tem que ser diferenciado. Trabalharemos firmes lá em Brasília para que possamos manter o capítulo da aposentadoria especial”, disse.

 

“No momento da guerra, quem vai sacrificar a vida são os senhores e não o governador, que está em seu gabinete”, completou, dirigindo-se aos mais de 500 agentes da Segurança que prestigiaram a cerimônia de posse.

 

PACTO

 

Taques foi um dos governadores que assinaram um pacto com o governo federal com o objetivo de promover no âmbito dos estados ajustes fiscais semelhantes ao que a União propõe com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que está em tramitação no Senado.

 

Além disso, se comprometeu também em reformar a previdência estadual. O governo federal pretende endurecer as regras da aposentadoria especial, igualando ao máximo o sistema previdenciário. E espera que os governadores também o façam, com a revisão das leis estaduais que tratam do tema.

 

 

No entanto, o tema não foi abordado na PEC da Previdência, que já está no Congresso. Uma lei específica sobre a aposentadoria especial dos militares será enviada. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei








1 Comentários

Eroisa - 13/12/2016

Nobre Governador Pedro Taques, retifica sistema penitenciário, pois trabalhamos com adrenalina à 1000 todos os dias. Não existe uma rotina de trabalho com população privativa de liberdade.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA

Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

'Papelão' barra jogo

Não é pedra no sapato

Meia-entrada

CBF veta tricolor

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas