Quinta-Feira, 31 de Agosto de 2017, 15h:34

Tamanho do texto A - A+

Silval diz em delação que Maluf recebeu propina para quitar dívida com Valdir Piran

Por: JESSICA BACHEGA

O deputado Guilherme Maluf (PSDB) teria sido beneficiado com R$ 4 milhões repassados aos hospitais por meio do MT Saúde. A informação consta na delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), homologado no início do mês de agosto.

 

Marcos Lopes/HiperNotícias

MT saude

 

Conforme o documento, o deputado juntamente com o secretário de Administração, Cesar Zílio, procuraram Silval e solicitaram que os valores em atraso junto aos hospitais que atendiam ao convênio dos servidores estaduais fossem pagos. 

 

A dívida chegava a R$ 40 milhões e Maluf já havia combinado para que os donos dos hospitais conveniados retornassem 10% do valor ao deputado. A maior parte da dívida era com o Hospital Santa Rosa, do qual Maluf é um dos sócios.

 

“Tendo Guilherme dito na ocasião que precisava que o Estado pagasse tais repasses atrasados, pois com os 10% de propina que ele receberia, Guilherme quitaria uma dívida aproximada de R$ 2 milhões que possuía com Valdir Piran”, diz trecho da delação. 

 

Maluf ainda disse a Silval que tinha se comprometido com seus sócios sobre o retorno. O ex-governador ressalta que autorizou o repasse para quitação da dívida em oito parcelas.

 

Diante da resposta positiva, Maluf teria se dito que passaria parte da propina a Zílio. 

 

Uma empresa terceiriza que administrava o MT Saúde também pagou cerca de R$ 2,5 milhões de propina, que foram entregues a Zílio”. O declarante não sabe esclarecer detalhes desse esquema, eis que foi todo ele tratado diretamente por Cesar Zílio”, afirma o ex-governador.

 

De acordo com o relato do ex-governador, Zílio disse que, do montante recebido, R$ 500 mil foram destinados ao ex-secretário adjunto da Casa Civil, Adjaime Ramos de Souza.

 

Outro lado

 

A assessoria do deputado foi procurada e rebateu as acusações de Silval. O parlamentar afirma que não tem nenhum envolvimento com a situação narrada.

 

Confira nota

 

Por outro lado, a assessoria do deputado Guilherme Maluf atendeu a reportagem do HiperNotícias e respondeu sobre a denúncia da delação.

 

A respeito da delação do ex-governador Silval Barbosa sobre o MT Saúde, o deputado Guilherme Maluf vem a público restabelecer a verdade dos fatos.

 

- Nunca pedi ou recebi qualquer vantagem indevida.

 

- Todas as tratativas com o governo do Estado para resolver o problema das dívidas do  MT Saúde, que prejudicavam o atendimento dos servidores públicos, foram feitas em reuniões oficiais, com a intermediação dos membros da Comissão de Saúde da Assembleia e da CPI da Saúde que funcionou naquela época.

 

- As contas e os contratos foram checados pelos auditores do MT Saúde e pela Comissão Parlamentar de Inquérito, houve uma confissão de dívida por parte da instituição e o governo concordou com o parcelamento dos débitos.

 

- A versão apresentada pelo ex-governador é fantasiosa e mentirosa. Até porque, se houvesse pagamento de propina, eu estaria lesando a mim mesmo pela condição de acionista de um dos hospitais credores.

 

- Confio na Justiça, onde farei minha defesa no momento oportuno.

 

Deputado Estadual Guilherme Maluf

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto